Menu
SADER_FULL
segunda, 20 de maio de 2019
LIMIT ACADEMIA
Busca
AGÊNCIA BONITO THIAGO
Brasil

Estudo diz que futebol ajuda mais a emagrecer que corrida

3 Set 2007 - 13h21

Em vez de usar um iPod para se distrair, quem busca emagrecer e para isso corre regularmente pode optar por uma atividade mais prazerosa para a maioria dos brasileiros: o futebol. Esse esporte é melhor do que a corrida para queimar gorduras, de acordo com um estudo realizado pela Universidade de Copenhage (Dinamarca).

A pesquisa, que será publicada no britânico "Journal of Sports Sciences", foi realizada em três meses. Foram escolhidos participantes com características físicas semelhantes, com média de 32 anos e 84,4 kg, e que não praticavam esporte regularmente havia dois anos.

Os resultados foram melhores para os 13 jogadores (excluindo-se os goleiros), que perderam em média 3,3 kg e 3,7% da gordura do corpo. Os 13 corredores tiveram desempenho médio inferior: perderam 1,8 kg e 2,1% de gordura.

As atividades aconteceram três vezes por semana durante uma hora. Os jogadores treinaram em um campo com dimensões da metade do profissional, de grama, e os corredores se exercitaram em um ritmo moderado (média de 8 km/h), ao ar livre. Não foi estabelecida dieta, apenas foi pedido aos participantes que mantivessem sua alimentação rotineira.

Além do peso, outro resultado favorável aos futebolistas foi o ganho de 1,7% de massa muscular. O benefício não foi compartilhado pelos corredores, que terminaram as atividades com as mesmas medições.

Segundo o cientista Peter Krustrup, um dos responsáveis pelo estudo, um dos motivos para os resultados é a continua mudança de ações no futebol. "O jogador altera seguidamente as ações de andar, correr, dar "sprints". Além disso ele pula, muda de direção, ataca, se choca com o adversário e usa todas as fibras dos músculos", afirma.

Opinião parecida tem o fisiologista do Corinthians, Renato Lotufo, que diz que os melhores resultados para os futebolistas são possíveis e também propiciados pelos altos momentos de intensidade desse esporte. Ele criticou, porém, o fato de a pesquisa trabalhar com 13 participantes em cada grupo, dizendo que seria melhor com uma amostra maior.

Já para o professor de educação física Gilberto José Bertevello, o futebol pode ajudar a emagrecer, mas se associado a uma dieta. "Não adianta sair do jogo e ir para o churrasco", diz.

Peter Krustrup afirma que outro fator determinante nos desempenho dos atletas foi a diversão. "O futebol é motivador. É importante que o jogador se esforce pelo time."

Na pesquisa, futebolistas afirmaram que a atividade não lhes pareceu difícil, diferentemente dos corredores, que a consideraram mais árdua.

Para o estudante Nicolai Loenne, que perdeu de 2 kg a 3 kg, foi muito divertido jogar. "O problema foi ao final dos primeiros treinos, quando o objetivo não era marcar, mas conseguir continuar correndo."

Krustrup afirma que os resultados poderiam aparecer em outros esportes, como o basquete. Segundo ele, na investigação, os praticantes das duas modalidades tiveram melhoras na pressão sangüínea e na capacidade de absorção de oxigênio, entre outras, o que significa que a corrida também tem muitos benefícios "Se você gosta de correr, continue correndo", diz.

 

 

 

Dourados News

Deixe seu Comentário

Leia Também

MÁ SORTE
Morador do PR diz ter acertado os números da Mega-Sena acumulada, mas caixa não registra cartão
ATAQUE SUINO
Porca no cio foge de propriedade e ataca homem na rua
TRAGEDIA NA RODOVIA
Colisão frontal entre dois veículos causa duas mortes
IDADE MINIMA
Reforma da Previdência: idade mínima pode ficar menor para professor
CHACINA - PONTO DE DROGAS
Onze são mortos em chacina no bar
MORTE GRIPE A
Criança de 11 meses morre por gripe Influenza
AÇÕES ROSE MODESTO
Rose Modesto quer aumentar pena por feminicídio, Assista a entrevista
SEQUESTRO
Suspeito de manter adolescente em cárcere privado é preso em flagrante
FATALIDADE
Caminhão enrosca em fiação elétrica e provoca morte de idosa em Pérola
DISCUSSÃO FATAL
Em briga de casal, pai arremessou vaso e matou criança de 9 meses