Menu
LIMIT ACADEMIA
segunda, 17 de junho de 2019
FARMÁCIA_CENTROFARMA_FULL
Busca
AGÊNCIA BONITO THIAGO
Brasil

Estudante de 10 anos é esmagada por metrô no Piauí

19 Mar 2007 - 17h20
Ao retornar da casa de uma amiga após fazer um trabalho escolar, a garota Gessiane de Oliveira, 10 anos, morreu, no início da tarde desta segunda-feira, quando tentava atravessar o trilho do metrô, no bairro Ilhotas, na zona sul de Teresina (PI), próximo à ponte Wall Ferraz. Testemunhas informaram que a menina caminhava distraída, carregando um trabalho estudantil, e não percebeu a aproximação do metrô. Ela foi atropelada e teve o corpo arrastado por mais de 50 metros.

"Foi uma cena degradante", afirmou o motorista Raimundo Marcelino da Silva, que presenciou o acidente que ocorreu por volta das 13h30. "Não houve tempo de avisar, o trem bateu uma vez e saiu arrastando o corpo por uns 50 metros", disse o motorista que estava atravessando a ponte.

Após o acidente, o local ficou lotado de curiosos e familiares inconformados com a morte da garota. Os policiais da Delegacia de Homicídios e do Corpo de Bombeiros estavam no local para ajudar na retirada do corpo que se encontrada totalmente dilacerado próximo aos trilhos.

Segundo policiais, o impacto foi tão forte que o corpo da menina foi dividido ao meio. No chão, ficaram espalhados pedaços de crânio, braços e pernas. A equipe do Instituto de Medicina Legal (IML) de Teresina resgatou o corpo e, após, percorreu os 50 metros da linha do trem, recolhendo pedaços de massa encefálica.

Gessiane morava na vila ferroviária, próxima ao trilho do metrô, e estudava a 3ª série do ensino fundamental no Colégio Simões Filho, bairro Cristo Rei.

O profissional liberal Wellington de Araújo de Oliveira, tio da garota, estava no local bastante abalado e quase não conseguia falar. Ele disse que a família foi informada por meio de vizinhos que presenciaram o acidente. "A mãe dela passou mal, desmaiou e foi levada para o hospital", informou o tio da garota.

A Delegacia de Homicídios, bairro Morada Nova, abriu inquérito para apurar as razões da morte da menina. O diretor da Companhia Metropolitana de Transporte Público (CMTP), Antônio Sobral, disse que o acidente será investigado. "Vamos analisar tudo que aconteceu e oferecer uma maior sinalização no local", afirmou.

 

 

Terra Redação

Deixe seu Comentário

Leia Também

SOLIDARIEDADE
Bebê nasce sem os olhos e mobiliza cidade do Paraná
TRAGÉDIA NA FAMILIA
Pai mata filho de quatro anos e se mata por não aceitar fim do relacionamento
ASSASSINATO
Marido da deputada é morto a tiros
MULHER DO PRESIDENTE
Esposa de Jair Bolsonaro cai na internet, fotos íntimas são exibidas e todos ficam sem acreditar
DOURADOS - MANIFESTAÇÕES
Dono da Havan manda 'recado' a manifestantes após protesto em frente a loja de Dourados
VENENOSA
Agricultor é picado por cobra jararaca
FORÇA DE VONTADE
Advogado que pedia emprego na rua é contratado e ganha pós-graduação
CASO DE POLÍCIA
Filho mata a mãe e rouba seu cartão para comprar cocaína
EQUIPARADO AO RACISMO
Agora Homofobia é crime, STF criminaliza
DOENÇA DO SÉCULO
Jovem de 19 anos com depressão comete suicídio e choca cidade