Menu
LIMIT ACADEMIA
segunda, 18 de fevereiro de 2019
FARMÁCIA_CENTROFARMA_FULL
Busca
ITALÍNEA
Brasil

Estreantes ameaçam veteranos de mandato na Assembléia e na Câmara

30 Ago 2010 - 13h50Por Conjuntura Online

Os veteranos que se cuidem, porque o cenário da campanha eleitoral deste ano aponta o favoritismo de uma leva de candidatos que ameaça seus mandatos em Mato Grosso do Sul.

Em sua maioria desconhecidos, esses candidatos ameaçam tomar as vagas até de favoritos à Assembléia Legislativa e à Câmara dos Deputados.

Além de estreantes na política, há ainda nessa leva de candidatos vereadores em primeiro mandato, que também podem fazer a diferença.

De acordo com analistas, a maior mudança deve ocorrer na Assembléia, que registrará renovação considerável na próxima legislatura, até porque quatro dos 24 deputados estaduais não se candidataram à reeleição.

No entanto, isso não significa que os parlamentares influentes, aqueles atuantes e com boa penetração em vários redutos eleitorais, estejam com suas candidaturas em risco.

Deputados como Londres Machado (PR), Ary Rigo (PDT), Jerson Domingos (PMDB), Zé Teixeira (DEM), Pedro Kemp (PT), entre outros, têm boas chances de reeleição devido ao trabalho destacado em vários municípios ao longo de seus mandatos. 

Entre os atuais parlamentares, Reinaldo Azambuja (PSDB) e Akira Otsubo (PMDB) resolveram tentar uma vaga na Câmara dos Deputados, enquanto Celina Jallad (PMDB) e Antonio Braga (PDT) desistiram de tentar mais um mandato.  

A expectativa é que Celina ocupe a vaga do conselheiro Osmar Dutra no Tribunal de Contas do Estado, enquanto Braga resolveu vestir pijama, alegando estar cansado da vida pública.

Na lista dos prováveis eleitos surgem, entre outros, o empresário Eduardo Rocha (PMDB), marido da ex-prefeita de Três Lagoas, Simone Tebet (PMDB), candidata a vice na chapa do governador André Puccinelli (PMDB).

Ligado à Igreja Evangélica, o médico Augusto Cruz (PP) tem um forte cabo-eleitoral, o deputado federal Antonio Cruz (PP), que trabalha pesado para eleger o filho.

A grande sensação da campanha deste ano pela chapa do ex-governador Zeca do PT é o advogado Gerson Claro (PDT), que montou uma estrutura de campanha invejável, contando com apoio de lideranças políticas de renome, como o ex-conselheiro do Tribunal de Contas, João Leite Schmidt, de quem é afilhado político.

Somente para se ter uma idéia de como a campanha do advogado está sendo conduzida, quem está à frente de seu “QG” político montado em Campo Grande, é o cobiçado empresário Armando Pinto, responsável pela coordenação de várias campanhas vitoriosas do deputado estadual Londres Machado (PR), que parte para seu 11º mandato seguido.

Há uma semana, ao lançar sua candidatura em Maracaju, promoveu um grande ato público, arrastando para seu palanque o prefeito local, Celso Vargas (PTB), o senador Delcídio do Amaral (PT), os deputados federais Dagoberto Nogueira (PDT) e Vander Loubet (PT), entre outras lideranças.

Pelo PDT, Gerson Claro disputa com outros fortes concorrentes – o vereador mais votado de Três Lagoas, Ângelo Guerreiro,  e o ex-prefeito de Aquidauana, Felipe Orro.

Também é visto como provável eleito o vereador Alcides Bernal (PP), o mais votado nas eleições de 2008 em Campo Grande. O ex-vereador e ex-prefeito de Três Lagoas, Luiz Akira (DEM), tem o apoio do pai, Akira Otsubo (DEM), para chegar à Assembléia.

CÂMARA

Na disputa pelas oito cadeiras da Câmara dos Deputados a expectativa também é de renovação e surpresas.

Na campanha eleitoral deste ano os deputados federais Waldemir Moka (PMDB) e Dagoberto Nogueira (PDT) trocaram a reeleição pela disputa pelas cadeiras do Senado, o que abre duas vagas para os novatos.

Na lista dos favoritos aparecem o ex-secretário de Obras do Estado, Edson Giroto (PR), o ex-presidente da OAB (Ordem dos Advogados do Brasil), Fábio Trad (PMDB), que tem como mentor de sua campanha o pai, o deputado federal Nelson Trad (PMDB), entre outros que podem surpreender.

Deixe seu Comentário

Leia Também

ACIDENTE FATAL
Adolescente é atropelada quando levava pai em cadeira de rodas, veja o vídeo
VIOLENCIA DOMESTICA
'Não consigo reconhecê-la', diz irmão de mulher espancada no 1° encontro
O REI ROBERTO CARLOS
Roberto Carlos vestiu rosa e se mostrou contrário a projeto de Jair Bolsonaro
BRIGA NO PLANALTO
Magoado e traído, Bebianno não vai poupar filho de Bolsonaro
TRÁGICO
Mãe do piloto de Ricardo Boechat morre três dias após o filho
OUTROS 10 ESTADOS
Horário de verão termina à meia-noite; relógios devem ser atrasados em 1h
BARBÁRIE
Rosane Santiago Silveira, torturada e morta em sua própria casa
CARRO DE APLICATIVO
Mulher é estuprada após aceitar água e bala em carro de app
VIOLENCIA DOMESTICA
Enquanto Lírio Parisotto era condenado, Luiza Brunet discutia campanha contra violência doméstica
CANALHA
Criança de 4 anos é estuprada no próprio aniversário