Menu
LIMIT ACADEMIA
domingo, 21 de abril de 2019
SADER_FULL
Busca
ITALÍNEA
Brasil

Estiagem reduz produção de leite em até 50% e eleva os preços

4 Ago 2007 - 10h40
Época de seca, entressafra no campo. Aqui no Estado, com a estiagem, os produtores de leite têm queda na produção que pode chegar a 50%. Para amenizar as perdas, a saída é investir em tecnologia.
Cinco da manhã é a hora em que começa a ordenha. Na fazendo visitada por nossa equipe de reportagem, a produção de leite é de médio porte. 70 vacas produzem 1.300 litros de leite por dia.
Mas em época de estiagem essa quantidade cai bastante. Depois de mais de 40 dias sem chuva em Campo Grande, a redução na produção na propriedade de Mário Palo Neto já chega a 23%.
Com a produtividade em queda, o preço do leite está mais alto. Em Mato Grosso do Sul o produtor está vendendo o litro a R$ 0,58,  quase o dobro do preço praticado durante a safra, que é de R$ 0,35.
Para enfrentar a estiagem prolongada o produtor precisa investir em silagem. Na propriedade de Mário estão sendo estocadas 100 toneladas de capim elefante, o suficiente para alimentar as vacas leiteiras por 40 dias.
O pasto seco interfere na qualidade do leite. Por isso, Mário também investe na suplementação da dieta dos animais. A ração é uma mistura de milho, farelo e casquinha de soja.
Mas nem todo pecuarista se preparou para enfrentar o período de seca. Segundo o Sindicato Rural de Campo Grande os pequenos produtores já registram queda de 50% na produção de leite.
Outra dificuldade para o produtor tem sido o valor do frete cobrado no Estado, influenciado pelo preço dos combustíveis e condições das estradas.
Tudo isso quer dizer que o leite sai da fazenda a R$ 0,58 centavos, passa pela indústria e chega até o comércio valendo R$ 1,50, uma diferença de 0,92 centavos que acaba pesando no bolso do consumidor.
Nas padarias e supermercados, o leite tipo “C”, consumido pela maioria das pessoas, está cerca de 30% mais caro. E como a época é de seca, o produto deve ter um novo reajuste ainda este mês.
Segundo o IBGE, MS é o 11º produtor de leite do país, com uma produção que chega a 508 milhões de litros ao ano. Na atividade estão cerca de 30 mil produtores, a maioria de pequeno porte.
 
 
RMT Online

Deixe seu Comentário

Leia Também

DOENÇA DO SÉCULO
Yasmim Gabrielle, do ‘Programa Raul Gil’, se suicida após depressão
FATALIDADE
Bebê morre após ser esquecida pelo pai por três horas dentro do carro
IRRESPONSABILIDADE
Bebê de 1 aninho entra em coma alcoólico após pai dar cachaça com refrigerante
BONITO - MS - DICA AGÊNCIA ECO TOUR
Confira agora os 5 passeios mais românticos de Bonito (MS)
EM ÁUDIO VAZADO
Em áudio, Onyx diz que governo deu 'uma trava na Petrobras', caminhoneiros podem ficar sossegados
EMOÇÃO E RECOMEÇO
Mãe e filho se reencontram em hospital após desabamento de prédios
ACIDENTE FATAL
Três morrem em explosão provocada por vazamento de botijão de gás
NOVA PARALISAÇÃO
Ala dividida de caminhoneiros falam em greve no próximo dia 29 em todo o Brasil
CAMPO BELO RESORT - PARAÍSO É AQUI
Com noite Árabe e Italiana, PACOTE do dia 03 a 05 de maio já disponível para o Campo Belo Resort
NEGLIGÊNCIA FUNCIONAL
Menino de 12 anos foge de casa, burla esquema de segurança e embarca em avião