Menu
SADER_FULL
sábado, 15 de dezembro de 2018
LIMIT ACADEMIA
Busca
ITALÍNEA
Brasil

Estado fiscalizará transporte interestadual e internacional

21 Jul 2004 - 12h46
 

A Agepan (Agência Estadual de Regulação dos Serviços Públicos) e a ANTT (Agência Nacional de Transporte Terrestre) assinam amanhã à tarde, às 14 horas, no hotel Jandaia, em Campo Grande, acordo de cooperação e apoio técnico-operacional, visando à execução de atividades relacionadas à fiscalização dos serviços de transporte interestadual e internacional de passageiros. A parceria descentraliza as ações da ANTT para que a Agepan fiscalize o transporte rodoviário nas linhas internacionais e interestaduais em território sul-mato-grossense.

A delegação de competência abrange todo a área de atuação da Agepan, incluindo terminais de embarque e as rodovias estaduais. As exceções são as rodovias federais sob jurisdição da Polícia Rodoviária Federal. A restrição, no entanto, não impede que a Agepan participe de missões conjuntas. A Agepan irá executar a fiscalização visando coibir práticas irregulares nos serviços de transporte rodoviário interestadual e internacional, bem como aplicar às transportadoras as penalidades decorrentes de infrações.

Está prevista também a colaboração em eventuais fiscalizações que a ANTT venha a fazer diretamente no Estado. Treinamento – Por meio do convênio, a agência reguladora estadual será responsável pelo julgamento, em primeira instância, dos recursos das defesas apresentadas contra as multas aplicadas por infração à legislação do serviço de transporte internacional e interestadual. Em caso de recurso em segunda instância, o julgamento cabe a ANTT.

A agência federal também providenciará a integração dos registros de multas que forem aplicadas pela Agepan ao banco de dados nacional. De 9 a 13 de agosto, os fiscais serão treinados para a nova função, em aulas teóricas e de campo. A Agepan e a ANTT irão formar monitores para atuarem como agentes multiplicadores na capacitação permanente do pessoal envolvido na fiscalização. O convênio terá duração de cinco anos. A ANTT repassará à Agepan cinqüenta por cento da receita efetivamente apurada decorrente da aplicação de multas. Os recursos serão aplicados exclusivamente nas atividades relativas ao objeto do convênio.

Deixe seu Comentário

Leia Também

ACIDENTE
Criança de dois anos se enforca com a alça da bolsa enquanto brincava em escola
CASO JOÃO DE DEUS
Marina Ruy Barbosa intervém no caso João de Deus e impede uma grande tragédia
PRISÃO DECRETADA
Justiça de Goiás decreta prisão de João de Deus
STARTUPS NO BRASIL JÁ É SUCESSO
O sucesso das startups no Brasil e algumas novas apostas no mercado
REVOLTANTE
Filha de João de Deus diz que foi abusada dos 10 aos 14 anos: 'Meu pai é um monstro'
NOVELA GLOBAL
'O sétimo guardião': Robério beija Marcos Paulo e a agride ao descobrir que ela é trans
DESTAQUE MUNDIAL
Dois brasileiros estão no Top 50: melhores professores do mundo
JUSTIÇA - WHATSAPP
Administradora de grupo no WhatsApp, foi “condenada” á pagar 3 mil por discussão de membros
DICAS DE SERVIÇO DE HOSPEDAGEM NA WEB
Vai criar um blog ou um site?, saiba aqui tudo sobre o serviço de hospedagem
ALERTA NA NET
Golpe no WhatsApp engana usuários ao prometer brindes falsos de Natal