Menu
SADER_FULL
quinta, 21 de fevereiro de 2019
LIMIT ACADEMIA
Busca
CANTINA BAH
Brasil

Estado autoriza início das obras financiadas com recursos do Bird

21 Set 2010 - 17h28Por Notícias MS

O Estado de Mato Grosso do Sul autorizou ontem (20) o início das primeiras obras do Programa de Transportes e Desenvolvimento Sustentável (PDE/MS) financiadas com recursos contratados junto ao Banco Internacional para Reconstrução e Desenvolvimento (Bird). A Secretaria de Obras Públicas e de Transportes (Seop) assinou as ordens de serviço para que as empresas vencedoras das licitações comecem a trabalhar na pavimentação da MS-436, na ligação Camapuã-Figueirão; MS-306, trecho Gaúcho Pobre-Cantina; MS-112, entre Três Lagoas e Inocência e MS-274, de Angélica ao distrito de Ipezal. Esse conjunto de obras totaliza em torno de 279 quilômetros.

De acordo com o secretário Wilson Cabral, que assinou as ordens de serviço, os quase 280 quilômetros que começam agora, somados a obras que já estão em execução, devem criar condições melhores de logística para regiões como o norte do Estado, por exemplo. “Isso traz desenvolvimento para as cidades, para o Estado. A partir do momento em que se dá condições para que pessoas e empresas possam se instalar em uma determinada região que antes não tinha asfalto, você transforma essa localidade, e isso traz retorno para todos”, avalia.

Das pavimentações iniciadas agora, uma das maiores é a da MS-436, na ligação Camapuã-Figueirão, região norte do Estado. A primeira etapa de obras compreende o entroncamento da MS-422, no patrimônio de Pontinha do Coxo até a MS-223, em uma extensão de cerca de 106,8 quilômetros. “Há muito tempo a população tanto de Camapuã, quanto de Figueirão sonha com essa obra que vai ligar com a região Norte, que vai propiciar aos nossos produtores rurais investir mais em suas propriedades”, diz o prefeito de Camapuã, Marcelo Pimentel Duailib. 

 Conforme o administrador municipal, a falta de asfalto faz com que a movimentação de produção faça desvio por estradas asfaltadas, perspectiva que muda com a pavimentação. “A nossa expectativa agora é de canalizar o transporte pelo nosso município, fazer o aproveitamento do produto da nossa terra”.

Deixe seu Comentário

Leia Também

VIOLENCIA DOMESTICA
Reconstrução de rosto de mulher espancada na Barra vai durar seis meses, diz médico
REFORMA DA PREVIDÊNCIA
Aposentadoria é para viver, não para receber só à beira da morte
CHANTAGEM
Ladrões invadem estabelecimentos, obrigam funcionárias a tirarem a roupa, filmam e extorquem vítimas
FORAGIDO
Atirador invade escritório de advocacia e mata duas pessoas
BBB 19
Rízia chora por estar acorrentada: 'Vontade de desistir'
LARANJADA
Deputados do PSOL distribuem laranjas na chegada de Bolsonaro à Câmara
AMOR A PROFISSÃO
Pedreira caprichosa viraliza com trabalho detalhista e ganha novos clientes
FÁTIMA DO SUL - O BOTICÁRIO
O Boticário apresenta Quasar Brave, venha conferir no O Boticário em Fátima do Sul
SUPERAÇÃO
Jovem que morou 5 anos nas ruas se forma em Direito
FENÔMENO
Maior superlua de 2019 iluminará o céu nesta terça, 19