Menu
FARMÁCIA_CENTROFARMA_FULL
sexta, 22 de fevereiro de 2019
LIMIT ACADEMIA
Busca
CANTINA BAH
Brasil

Espanha sai na frente da Holanda na disputa da Bola de Ouro

9 Jul 2010 - 11h30Por Globo Esporte

A Espanha foi a seleção com mais indicados ao prêmio de melhor jogador da Copa, com três nomes entre os dez selecionados. Concorrem à Bola de Ouro pela Fúria os meias Iniesta e Xavi além do atacante David Villa, artilheiro da Copa com cinco gols. A outra finalista, a Holanda, tem dois representantes - Robben e Sneijder. A lista foi elaborada pelo Comitê Técnico da Fifa e ainda conta com Schweinsteiger e Özil, da Alemanha, Forlán, do Uruguai, Gyan, de Gana, e o argentino Messi, detentor do título de melhor jogador do mundo.

A votação está aberta para os jornalistas credenciados e só será encerrada ao fim da decisão deste domingo. O resultado sai logo após a partida.

A possibilidade de os jogadores serem julgados por sua atuação na final da Copa ajuda a evitar claros equívocos como o de 2002, quando o goleiro alemão Oliver Kahn ficou com a Bola de Ouro mesmo tendo falhado na final contra o Brasil. Nesta sexta-feira, o próprio Kahn considerou que a atuação na grande decisão deve influenciar na votação. Curiosamente, a última vez em que o melhor da Copa ganhou o torneio foi em 1994, com Romário. Nas três edições seguintes, o prêmio coube a um vice-campeão - Ronaldo, em 98, Kahn, em 2002, e Zidane, em 2006.

- Acho importante avaliar também o desempenho na final. Gosto do Sneijder, na Holanda, do Iniesta e do Villa, na Espanha, mas temos que ver quem vai ganhar a Copa para decidir o melhor jogador do torneio - afirmou Kahn.

O goleiro elogiou os dois alemães na lista e destacou também a grande participação de Müller na Copa. Mesmo assim, acredita que "ainda é cedo" para que um deles leve a Bola de Ouro.

No vídeo exibido no evento, provavelmente gravado antes da semifinal entre Alemanha e Espanha, Franz Beckenbauer e Carlos Alberto Parreira apontaram seus preferidos. Beckenbauer ficou com Schweinsteiger, do seu Bayern de Munique, enquanto Parreira disse preferir Özil.

Desta vez nenhum brasileiro apareceu na lista dos melhores, ao contrário da Copa das Confederações, no ano passado, quando Kaká foi eleito o melhor e Luis Fabiano ficou em
segundo lugar.

Deixe seu Comentário

Leia Também

PERSISTÊNCIA
Ex-faxineiro se forma em Jornalismo e já está empregado
O QUE IMPORTA PARA VOCÊ?
Equipe médica leva paciente de UTI à formatura do filho
INDIGNAÇÃO
Pedreiro desafia Rodrigo Maia: 'Trabalhe 30 dias numa obra, que trabalho até os 80'
AMOR INCONDICIONAL
Cadela espera toda noite pela chegada de Boechat, diz mulher do jornalista
VIOLENCIA DOMESTICA
Reconstrução de rosto de mulher espancada na Barra vai durar seis meses, diz médico
REFORMA DA PREVIDÊNCIA
Aposentadoria é para viver, não para receber só à beira da morte
CHANTAGEM
Ladrões invadem estabelecimentos, obrigam funcionárias a tirarem a roupa, filmam e extorquem vítimas
FORAGIDO
Atirador invade escritório de advocacia e mata duas pessoas
BBB 19
Rízia chora por estar acorrentada: 'Vontade de desistir'
LARANJADA
Deputados do PSOL distribuem laranjas na chegada de Bolsonaro à Câmara