Menu
LIMIT ACADEMIA
terça, 19 de fevereiro de 2019
SADER_FULL
Busca
CANTINA BAH
Brasil

Espanha: Parlamento da Catalunha proíbe touradas

28 Jul 2010 - 08h28Por
O Parlamento da Catalunha, na Espanha, decidiu proibir as tradicionais corridas de touros na região, nesta quarta-feira. O polêmico projeto foi aprovado em uma sessão bastante dividida, realizada agora há pouco. Foram 68 votos a favor, 55 contra e Publicidade 9 abstenções para a proposta que partiu de uma iniciativa popular.

Uma entidade de defesa dos animais da região reuniu cerca de 180 mil assinaturas pedindo o fim das corridas de touros e entregou o documento aos parlamentares no final do ano passado. Muitas discussões foram realizadas até que hoje, por isso, o parlamento catalão decidiu acabar com a tradição que começou no século 15.

A nova lei instala a proibição das corridas de touros a partir de primeiro de janeiro de 2012. Até lá, as populares festas realizadas na praça Monumental de Barcelona poderão continuar ocorrendo, conforme o projeto.

Os contrários a nova lei defendem que o projeto não tem apenas a intenção de defender os animais. Os conservadores do Partido Popular afirmam que o plano por trás da proibição é acabar com uma cultura regional da Catalunha que é compartilhada com o resto da Espanha. O PP promete que vai recorrer à Justiça para tentar derrubar a proibição e o temor agora é que a lei crie mais um conflito entre espanhóis e catalãos.

Deixe seu Comentário

Leia Também

FAMOSIDADES
Padre sertanejo acusado de ostentação cobra entrada de idosos para assistir programa
ACIDENTE FATAL
Adolescente é atropelada quando levava pai em cadeira de rodas, veja o vídeo
VIOLENCIA DOMESTICA
'Não consigo reconhecê-la', diz irmão de mulher espancada no 1° encontro
O REI ROBERTO CARLOS
Roberto Carlos vestiu rosa e se mostrou contrário a projeto de Jair Bolsonaro
BRIGA NO PLANALTO
Magoado e traído, Bebianno não vai poupar filho de Bolsonaro
TRÁGICO
Mãe do piloto de Ricardo Boechat morre três dias após o filho
OUTROS 10 ESTADOS
Horário de verão termina à meia-noite; relógios devem ser atrasados em 1h
BARBÁRIE
Rosane Santiago Silveira, torturada e morta em sua própria casa
CARRO DE APLICATIVO
Mulher é estuprada após aceitar água e bala em carro de app
VIOLENCIA DOMESTICA
Enquanto Lírio Parisotto era condenado, Luiza Brunet discutia campanha contra violência doméstica