MEGA_OKA_CARROS_
FatimaNews - Notícias de Fátima do Sul e região
Fátima do Sul, 17 de Outubro de 2017
DELPHOS_FULL
30 de Outubro de 2004 07h37

Espanha libera uso de células-tronco embrionárias

 O governo espanhol liberou nesta sexta-feira as pesquisas científicas envolvendo células-tronco de embriões humanos, ao anunciar as regras para a atuação dos pesquisadores nesta área. Poderão ser usados apenas os embriões já congelados, há pelo menos cinco anos, nas clínicas de reprodução assistida, com autorização expressa dos genitores.

Os pesquisadores terão, ainda, de contar com a aprovação do pedido de pesquisa numa comissão de especialistas, que avaliará caso a caso o uso de embriões. E os genitores terão, além de autorizar o uso, renunciar formalmente a qualquer ganho ou benefício financeiro que possa advir das pesquisas envolvendo os embriões - incluindo patentes de produtos e procedimentos.

As regras foram anunciadas pela vice-primeira ministra espanhola, Maria Teresa Fernandez de la Vega, e pela ministra da Saúde, Elena Salgado. "Este é um passo importante para as pesquisas com células-tronco, que são um dos campos mais promissores na luta contra doenças hoje incuráveis", disse a ministra após a reunião semanal do gabinete ministerial, na qual a medida foi aprovada.

As células-tronco, sobretudo retiradas de embriões com poucos dias de desenvolvimento (blastocistos), são consideradas a maior promessa para reconstituir tecidos humanos deficientes ou degenerados, o que pode ajudar na cura de doenças como Alzheimer, Diabete e Parkinson.

A decisão do governo socialista espanhol confronta a posição da Igreja Católica e é arriscada do ponto de vista político, porque 90% dos espanhóis são católicos, apesar dos valores liberais ganharem espaço.

Os religiosos são contra qualquer tipo de utilização de embriões humanos, considerados seres vivos, e só apóiam o uso de células-tronco adultas, obtidas no sangue do cordão umbilical e na medula, por exemplo.

O governo anterior, conservador, havia imposto enormes restrições às pesquisas com células embrionárias, proibindo inclusive o uso de embriões existentes há mais de cinco anos. Além disso, o governo do Partido Popular nunca chegou a anunciar qualquer medida efetiva que permitisse aos cientistas iniciar suas pesquisas.

 

 

Estadão

Comentários
Veja Também
Nossa_Lojas
MBO_SEGURANÇA_300
LIMIT ACADEMIA_BOTTON
Últimas Notícias
  
LÉO_GÁS_300
Eventos
dothCom © Copyright FatimaNews - Todos os Direitos Reservados.