Menu
FARMÁCIA_CENTROFARMA_FULL
terça, 20 de novembro de 2018
SADER_FULL
Busca
ITALÍNEA
Brasil

Esmagamento de soja no Brasil tem queda em junho

31 Jul 2007 - 10h52

O Brasil processou 2,555 milhões de toneladas de soja em junho, volume menor que o registrado no mesmo mês do ano passado, quando o esmagamento da oleaginosa no país atingiu 2,696 milhões de toneladas, informou nesta terça-feira a Associação Brasileira das Indústrias de Óleos Vegetais (Abiove).

Em maio, o processamento de soja somou 2,649 milhões de toneladas.

A Abiove estima que o processamento de soja do Brasil no ano industrial 2007/08 (fevereiro/janeiro) atinja 30 milhões de toneladas, o que significaria um crescimento ante as 28,75 milhões de toneladas processadas em farelo e óleo no período anterior.

O Brasil exportou 3,07 milhões de toneladas de soja em grão em junho, contra 2,3 milhões de toneladas no mesmo período de 2006, informou a Abiove.

Desde fevereiro, o país embarcou 12,22 milhões de toneladas do grão.

A indústria brasileira exportou 1,195 milhão de toneladas de farelo de soja em junho, contra 846 mil toneladas no mesmo período do ano passado. Nos últimos cinco meses, as exportações do produto somaram 5,275 milhões de toneladas.

As exportações de óleo de soja alcançaram 226 mil toneladas em junho, contra 184 mil toneladas há um ano. A indústria embarcou 970 mil toneladas desde fevereiro.

Argentina
A Abiove não informou o motivo da queda no esmagamento em junho.

O Brasil, em parte por questões tributárias, tem perdido terreno frente à Argentina na produção e exportação dos derivados de soja. E pelo mesmo motivo os brasileiros têm ampliado mais as vendas externas do grão.

Havia a expectativa de que a indústria nacional poderia recuperar algumas vendas em função do racionamento de energia na Argentina, que obrigou a indústria do país vizinho a reduzir as operações recentemente.

No entanto, dados de junho da Secretaria de Agricultura da Argentina divulgados na semana passada revelam um crescimento de 6,6% no esmagamento de soja argentina em junho, em relação ao mesmo mês do ano passado, para 3,25 milhões de toneladas.

Entre janeiro e junho, o processamento de soja atingiu 16,26 milhões de toneladas, ante 15,93 milhões de toneladas no primeiro semestre do ano passado, de acordo com o governo argentino.

A Argentina é o principal exportador mundial de óleo e farelo de soja, e o terceiro maior produtor e exportador do grão - o Brasil é o segundo maior produtor e exportador mundial de soja.

Os elevados preços dos derivados de soja no mercado internacional e os baixos custos de produção na Argentina têm favorecido o processamento nesse país, incentivando investimentos nos últimos anos.

 

 

Invertia

Deixe seu Comentário

Leia Também

TRAGÉDIA NA FAMILIA
Homem que matou filho para defender a nora comete suicídio
INJUSTIÇA
Familiares prestam homenagem a laçador de cães que morreu após ser hostilizado
FORAGIDO
Mulher é morta a facadas pelo ex-marido, que não aceitava fim de relacionamento
NOVELA GLOBAL
'O sétimo guardião': Valentina conta a Egídio que Gabriel é filho dele
CRUELDADE
Idosa de 106 anos é assassinada a pauladas no Maranhão
NOVO GOVERNO
Desistência de general para ministério leva crise ao QG de Bolsonaro
ASSASSINATO
Câmeras flagram dupla efetuando mais de 30 tiros contra homem; veja o vídeo
TRISTEZA
Menino de 10 anos comete suicídio após a prisão do pai
MALDADE
Câmera de segurança flagra homem colocando fogo em casinha comunitária para cachorros
FATIMASSULENSES EM UBATUBA (SP)
Fatimassulenses, alunos do Vicente Pallotti fazem curso de biodiversidade marinha em Ubatuba (SP)