Menu
LIMIT ACADEMIA
segunda, 17 de junho de 2019
SADER_FULL
Busca
ÁGUAS DE BONITO
Brasil

Escutas mostram que tapa-buraco e patrolamento eram superfaturados

9 Set 2010 - 16h50Por Dourados Informa
No dia 2 de junho deste ano houve uma conversa entre Eleandro Passaia e o controlador do Município João Kruger quando ambos teriam falado abertamente sobre o direcionamento de licitações e o “retorno” que elas dariam. A conversa faz parte do relatório da PF sobre a Operação Uragano.

Em 22 de junho Passaia participa de conversa com o prefeito Ari Artuzi e o então secretário de Obras, Dílson Cândido de Sá, sobre o direcionamento escancarado de licitações de tapa-buracos e patrolamento. Discutem quais licitações as empresas Financial, Planacon, LC Braga e CGR irão ganhar. Definem as obras que serão passadas para cada uma.

Em 23 de junho Passaia teve uma conversa com Geraldo Alves de Assis, o Geraldinho da Planacon; da qual também teria participado o Torraca – provável referência ao engenheiro da prefeitura Jorge Hamilton Torraca.

Eles falam sobre licitações em geral. Numa outra parte da gravação aparece Passaia conversando com Geraldinho e o então secretário de Obras, Dílson Candido de Sá. Entra na sala o prefeito Artuzi e a conversa continua sobre os direcionamentos de licitações da prefeitura. Eles acertam preços a serem cobrados e o valor de R$ 50 mil a ser cobrado de Geraldinho.

Deixe seu Comentário

Leia Também

ASSASSINATO CRUEL
O massacre do menino Rhuan e o silêncio da grande mídia
FAMOSIDADES
Homem discute com mulher e mata bebê de quatro meses
SOLIDARIEDADE
Bebê nasce sem os olhos e mobiliza cidade do Paraná
TRAGÉDIA NA FAMILIA
Pai mata filho de quatro anos e se mata por não aceitar fim do relacionamento
ASSASSINATO
Marido da deputada é morto a tiros
MULHER DO PRESIDENTE
Esposa de Jair Bolsonaro cai na internet, fotos íntimas são exibidas e todos ficam sem acreditar
DOURADOS - MANIFESTAÇÕES
Dono da Havan manda 'recado' a manifestantes após protesto em frente a loja de Dourados
VENENOSA
Agricultor é picado por cobra jararaca
FORÇA DE VONTADE
Advogado que pedia emprego na rua é contratado e ganha pós-graduação
CASO DE POLÍCIA
Filho mata a mãe e rouba seu cartão para comprar cocaína