Menu
prefeitura VICENTINA Março 2019
sexta, 22 de março de 2019
FARMÁCIA_CENTROFARMA_FULL
Busca
ÁGUAS DE BONITO
Brasil

Escritores de MS podem ser prestigiados através de projeto

24 Set 2004 - 17h14

Os escritores de Mato Grosso do Sul podem ter suas obras incluídas obrigatoriamente na disciplina de Literatura através de sugestão dos professores que lecionam nas escolas da Reme (Rede Municipal de Ensino), conforme projeto de lei de autoria da vereadora Magali Picarelli, líder do PTB na Câmara da Capital. Caberá à Semed (Secretaria Municipal de Educação) definir o conteúdo, programa, obras e autores a serem indicados ao público infantil, de acordo com texto da matéria.

 Magali comenta que a inclusão de livros de escritores regionais, como prioridade na disciplina de Literatura, visa estimular os alunos das escolas municipais de Campo Grande a conhecer a história sul-mato-grossense. “Desta forma a cultura regional vai estar sendo amplamente valorizada”.

Para Edineide Dias, professora de canto do curso de Música da UFMS (Universidade Federal de Mato Grosso do Sul) e autora do livro ‘Registro de Lendas e Estórias Terena’, a proposta é interessante, afinal, tende a mostrar também um pouco da realidade do Estado. “É muito legal os alunos poderem conhecer um pouco dos escritores de Mato Grosso do Sul. Isso faz com que nosso trabalho seja valorizado, além de fazer com que os estudantes estejam cientes dos excelentes escritores e poetas que existem aqui”.

Na opinião de Otávio Augusto Lacerda, autor do livro ‘Entendendo o Pantanal’, o projeto de lei é “espetacular, já que, contribui sobremaneira no sentido enriquecer a cultura do nosso Estado. No caso desta obra, ainda mais, afinal, ela trata do dialeto pantaneiro e é importante as crianças saberem um pouco disso”.

Autora da coletânea infanto-juvenil ‘Tuiuiú – Para Sonhar e Pensar o Pantanal Sul-Mato-Grossense’, patrocinada pelo FIC (Fundo de Investimentos Culturais), Sandra Andrade acredita que “o projeto é importante para o município e mais ainda para nós escritores. O aluno precisa ter acesso à cultura regional”.

“Nosso Estado é rico em literatura e conta com ótimos escritores. Acredito que os professores devem estimular esses escritores ao pedir para que seus alunos leiam estas obras. Dessa forma estarão propiciando uma boa apreciação da literatura regional de Mato Grosso do Sul”, concretiza a petebista.

O projeto de lei é o 5.496/03.

 

 

 

Fátima News

Deixe seu Comentário

Leia Também

PACOTE PÁSCOA NO CAMPO BELO RESORT
Campo Belo Resort com pacote especial para a PÁSCOA, Confira aqui e já faça sua reserva
CORAJOSA
Mulher reage a assalto e dá surra em bandido
DESUMANIDADE
Motorista morre em acidente com caminhão e carga de frango é saqueada
LOTERIA
Loterias do final de semana podem pagar mais de R$ 23 MILHÕES
CRIATIVIDADE
Mulher consegue emprego após 5 horas no semáforo com cartaz
BONITO - MS - PACOTE DE PÁSCOA
Que tal curtir o feriado de Páscoa em Bonito MS?, confira o pacote especial do Águas de Bonito
TERROR NA ESCOLA
Homem é morto a tiros enquanto buscava filho na escola
TARADÃO
‘Peladão’ aterroriza mulheres em bairro nobre
MUNDO MEDONHO
Apaixonada pelo genro, sogra rouba nudes dele no celular da filha
QUEIMOU
Mulher queima partes íntimas do marido ao descobrir que ele abusava da filha – Veja VÍDEO