Menu
LIMIT ACADEMIA
quarta, 16 de janeiro de 2019
FARMÁCIA_CENTROFARMA_FULL
Busca
CANTINA BAH
Brasil

Escola pública ganha sala de informática

25 Out 2004 - 07h35
Em uma cerimônia simples, que contou com a participação de centenas de alunos, foi inaugurada na noite da última quarta-feira em Nova Andradina a sala de informática da escola Estadual Luiz Soares Andrade, conhecida também como Centro Educacional.
Para a comunidade estudantil a conquista representa muito, uma vez que são raros os estabelecimentos de ensinos público, que pode fazer uso de computadores para reforçar as aulas bem como implementar os conhecimentos na área.
O diretor da escola, Luiz Tadao Mitisunaga, que também é vereador, disse que a implantação da sala representa muito para os alunos, que vão poder a partir de agora terem uma noção de como se manuseia os computadores. “Sempre fomos solicitados por empresas e órgãos públicos para indicar alunos carentes com o objetivo de integrar seus quadros de funcionários, mais todas às vezes os alunos perdiam a oportunidade por não saberem lidar com o computador”, disse Tadao.
Diante deste fato, assim que assumiu a direção da escola, ele passou a trabalhar no sentido de montar uma sala especial. E de imediato começou a solicitar apoio de todos os setores da sociedade local. Segundo ele, a primeira ajuda veio de uma emenda parlamentar do deputado estadual Pedro Kemp, da ordem de dez mil Reais. Logo depois o Frigorífico Independência fez a doação de três computadores e três veio da Secretária de Educação do Estado.
As parcerias asseguraram a aquisição de onze computadores, número mínimo exigido pela Secretária de Educação para o funcionamento de uma sala especial. Além destes apoios, o comércio local também ajudou no projeto. A luta da direção terminou ontem, quando o Diretor Luiz Tadao e a Diretora Adjunta Irene Galiego Destefane após agradecer os parceiros e falar um pouco do projeto, entregaram a sala especial de informática aos alunos do estabelecimento.
Três professores habilitados na área vão instruir em turnos diferentes os alunos a manusear os computadores, iniciando pela produção de trabalhos e buscas dentro dos programas existente na metodologia. A médio prazo, a escola vai montar um projeto, para instalar a internet na sala, fazendo com que avance mais o aprendizado dos alunos, acessando a rede mundial e obtendo informações que antes não era possível.
 
 
Diário MS

Deixe seu Comentário

Leia Também

GASES MORTAIS
Homem morre após segurar peidos na casa da namorada
REALITY SHOW
'BBB 19': Danrley diz ser virgem, e irmã brinca: 'Nem no signo'
ALERTA
Smartphone afeta a saúde mental, e o dano pode começar em crianças de 2 anos!
TRAGÉDIA
“Tentei socorrer ele, mas não deu certo”: conta filho de motociclista levado por enxurrada
FURIA DA NATUREZA
Enxurrada derruba casa e provoca pânico e destruição
NOVELA GLOBAL
Gabriel e Valentina viram inimigos mortais em 'O sétimo guardião'
REALITY SHOW
BBB 19 começa hoje. Na Rocinha Casa de Darnrley vira "QG" de Torcida
POSSE DE ARMAS
Bolsonaro assina nesta terça-feira decreto que facilita posse de armas
HEROINA
Professora Helley, que salvou crianças de incêndio em Janaúba, é homenageada e dá nome a rodovia
FAMOSIDADES
Doente, José Mayer foi esquecido pela Globo e abandonado por ‘Amigos’