Menu
LIMIT ACADEMIA
sexta, 22 de fevereiro de 2019
FARMÁCIA_CENTROFARMA_FULL
Busca
CONTAINER
Brasil

Envolvidos em escândalo, astros da seleção mexicana negam convocação

28 Set 2010 - 16h16Por Globo Esporte

O zagueiro Rafael Márquez, do New York RB, lidera um movimento de 13 jogadores da seleção mexicana que exigiram em carta não ser convocados até que haja mudanças na conduta de seus diretores.

Na carta, divulgada nesta terça-feira pela imprensa mexicana, os jogadores asseguram que passaram a receber tratamento grosseiro desde a chegada de Nestor de la Torre ao cargo de diretor das seleções nacionais e se manifestam contra o dirigente.

Assinam a carta, que lamenta o tratamento dispensado à seleção por participar de uma festa em 8 de setembro passado, o goleiro Ochoa, os defensores Rafael Márquez, Rodríguez, Salcido, Moreno e Juárez, os meias Guardado, Torrado e Barreira e os atacantes Vela, Hernández, Esqueda e Giovanni Dos Santos.

No dia citado, integrantes da equipe organizaram uma festa após a vitória do México no amistoso contra a Colômbia, supostamente com a presença de prostitutas e um travesti. Como punição, 11 jogadores foram multados e Vela e Juárez acabaram suspensos da seleção por seis meses.

"É impossível que de la Torre não se desse conta do evento, que cabe fazer menção e ressaltar, realizamos depois de terminada a concentração", diz o documento, que pergunta onde estava o chefe das seleções nacionais nessa noite.

Os atletas lamentaram que a imprensa esteja tão inteirada das particularidades da seleção, aproveitando para criticar a indefinição quanto ao novo treinador e a longa concentração a que os jogadores foram submetidos antes da Copa do Mundo da África do Sul.

A carta foi escrita em 22 de setembro, horas depois da divulgação das sanções, mas os autores do documento não o assinaram porque, segundo explicaram, estão baseados em diferentes partes do mundo e não queriam que o mesmo chegasse à imprensa.

Deixe seu Comentário

Leia Também

CORTE CEGO
Megaoperação da PM em 18 bairros tem três mortos e cinco feridos
PERSISTÊNCIA
Ex-faxineiro se forma em Jornalismo e já está empregado
O QUE IMPORTA PARA VOCÊ?
Equipe médica leva paciente de UTI à formatura do filho
INDIGNAÇÃO
Pedreiro desafia Rodrigo Maia: 'Trabalhe 30 dias numa obra, que trabalho até os 80'
AMOR INCONDICIONAL
Cadela espera toda noite pela chegada de Boechat, diz mulher do jornalista
VIOLENCIA DOMESTICA
Reconstrução de rosto de mulher espancada na Barra vai durar seis meses, diz médico
REFORMA DA PREVIDÊNCIA
Aposentadoria é para viver, não para receber só à beira da morte
CHANTAGEM
Ladrões invadem estabelecimentos, obrigam funcionárias a tirarem a roupa, filmam e extorquem vítimas
FORAGIDO
Atirador invade escritório de advocacia e mata duas pessoas
BBB 19
Rízia chora por estar acorrentada: 'Vontade de desistir'