Menu
FARMÁCIA_CENTROFARMA_FULL
segunda, 18 de fevereiro de 2019
LIMIT ACADEMIA
Busca
ITALÍNEA
Brasil

Envolvidos em chacina podem ser condenados a 150 anos

17 Abr 2007 - 17h00
O Promotor de Justiça João Linhares Junior, da 4ª Promotoria de Justiça de Dourados, oferece denúncia agora à tarde contra Cleber Junior Garces (conhecido como Caiçara) e Fábio Teixeira Severo (Pato Louco), autores de uma chacina que resultou na mobilização da sociedade douradense contra o elevado índice de criminalidade na região.

Segundo o Promotor de Justiça, o crime foi praticado na madrugada do dia 23 de março. Os réus entraram na residência da família e praticaram a execução de quatro pessoas, das quais duas eram menores de 14 anos, o que implica na elevação da pena, caso sejam condenados, em um terço.

Cleber e Fábio, por desavenças com uma das vítimas em função da altitude de equipamento de som, mataram com tiros na cabeça Vera Lúcia Leonardo Daliaste, Bruno Rodrigues de Oliveira (13 anos) e Natália Rodrigues Lucas (8 anos); e ainda com tiros no peito e costas, Abrão Israel Lucas. Após o crime, os réus roubaram um veículo das vítimas, aparelhos de som e DVD. O veículo foi abandonado e incendiado em seguida apenas como forma de confundir o trabalho de investigação.

O Ministério Público Estadual está denunciando os réus por quatro homicídios qualificados, furto qualificado e posse ilegal de arma de fogo. Conforme o Promotor de Justiça João Linhas Júnior, a pena máxima para Cleber, responsável pela execução das vítimas, é de 151 anos e a mínima 59 anos, enquanto para Fábio que deu apoio e não fez posse de arma, máxima de 148 anos e mínima de 58 anos.

 

 

Dourados News

Deixe seu Comentário

Leia Também

O REI ROBERTO CARLOS
Roberto Carlos vestiu rosa e se mostrou contrário a projeto de Jair Bolsonaro
BRIGA NO PLANALTO
Magoado e traído, Bebianno não vai poupar filho de Bolsonaro
TRÁGICO
Mãe do piloto de Ricardo Boechat morre três dias após o filho
OUTROS 10 ESTADOS
Horário de verão termina à meia-noite; relógios devem ser atrasados em 1h
BARBÁRIE
Rosane Santiago Silveira, torturada e morta em sua própria casa
CARRO DE APLICATIVO
Mulher é estuprada após aceitar água e bala em carro de app
VIOLENCIA DOMESTICA
Enquanto Lírio Parisotto era condenado, Luiza Brunet discutia campanha contra violência doméstica
CANALHA
Criança de 4 anos é estuprada no próprio aniversário
HORARIO DE VERÃO
Atrase seu relógio! Horário de verão termina neste sábado(16)
CARCERE PRIVADO
Mulher é chicoteada com fio elétrico pelo marido