Menu
LIMIT ACADEMIA
terça, 16 de julho de 2019
SADER_FULL
Busca
ÁGUAS DE BONITO
Brasil

Entreposto de Calcário em Ponta Porã será entregue hoje

1 Set 2004 - 07h47
O governo do Estado, através da Secretaria de Desenvolvimento Agrário, entrega hoje(01/09) em Ponta Porã mais um entreposto de calcário para a agricultura familiar, que vai atender também os municípios de Amambai, Antônio João, Aral Moreira, Coronel Sapucaia e Paranhos. O terminal fica na rua Baltazar Saldanha Derzi, na BR-463, saída para Dourados. No último final de semana o secretário de Desenvolvimento Agrário, Valteci Ribeiro de Castro Júnior-Mineiro- inaugurou o entreposto de Itaquiraí . Até o final da primeira quinzena de setembro serão entregues os outros três: Sidrolândia, Nioaque e Nova Andradina .
A implantação dos terminais faz parte do Programa Terra Nova, da Secretaria de Desenvolvimento Agrário que pretende atender a alta demanda de recuperação dos solos das áreas de agricultura, principalmente nos assentamentos, incluindo também as áreas indígenas e as comunidades negras rurais. A perspectiva é atender cerca de cinco mil famílias, com mais de seis mil toneladas de calcário. Para a execução deste projeto serão destinados recursos na ordem de R$ 2,7 milhões, do Fundo de Investimento Social-FIS. Cada entreposto terá um estoque variando de acordo com a demanda local, sempre atendendo um teto de seis toneladas por família, observando os critérios agronômicos para se definir a área a ser corrigida com a aplicação desta quantidade de insumo.
A aquisição , transporte para os entrepostos, manutenção, guarda e operacionalização dos cinco entrepostos será terceirizada através de licitação, observadas as particularidades de cada região. Ficando a cargo do Idaterra apenas o gerenciamento dos mesmos. Estima-se um incremento de pelo menos 20% na produtividade das áreas beneficiadas pelo projeto. Se considerarmos que nesta primeira fase o projeto poderá atingir 15.000 ha e que o efeito do calcário no solo pode se prolongar por até quatro anos e ainda a possibilidade de duas culturas anuais, no caso do milho por exemplo isto significaria 9.000 toneladas a mais por ano podendo atingir ao final dos quatro anos uma renda extra de aproximadamente R$ 8.040.000,00.
O benefício será concedido aos agricultores que se enquadrarem nas recomendações técnicas, fincando a cargo do produtor o transporte a partir do entreposto até a área onde o calcário será aplicado. Para ser beneficiado serão necessários cinco critérios: atender prioritariamente a produção de subsistência, atender as famílias com menor renda; priorizar os projetos agroecológicos; priorizar as culturas indicadas para a região; priorizar agricultores beneficiados com outros projetos da SDA/Idaterra.
Os técnicos das regiões onde estarão localizados os Entrepostos farão o cadastro dos interessados . Após a seleção os técnicos locais farão a elaboração de um pequeno projeto para cada beneficiário. O projeto deverá explicitar detalhadamente a aplicação do insumo, bem como constar qual será a contrapartida da família beneficiária, inclusive com termo de responsabilidade assinado pelo beneficiário.Com base no projeto técnico o responsável aplicação e dos resultados obtidos, devendo emitir relatórios periódicos avaliando o projeto.
 
 
Agência Popular

Deixe seu Comentário

Leia Também

BARBÁRIE
Moça de 22 anos é agredida até a morte após se negar a fazer sexo
COMOÇÃO
Jovem Lenara, filha de vice prefeito morre vitima de câncer
100 REMEDIOS
Ministério da Saúde suspende fabricação de 19 remédios;veja aqui a lista dos medicamentos cortados
ABANDONADA NO ALTAR
Morre jovem que casou sozinha após ser abandonada no altar
TRAGEDIA NA RODOVIA
Morte trágica de três pessoas na PR-082, comove população
BRIGA DE FAMILIA
Pai desfere 15 golpes de facão em filho adolescente
VIOLENCIA DOMESTICA
Pai é morto a marteladas pelo filho um dia antes de aniversário
NÃO QUER QUE ELE USE
Mãe apaga narguilé do filho adolescente e leva chinelada
NOVELA GLOBAL
Régis confessa que está apaixonado de verdade por Maria da Paz em 'A dona do pedaço'
VAQUINHA VIRTUAL
Com dinheiro de vaquinha, morador de rua que ajudou idosa durante temporal no Rio compra casa