Menu
SADER_FULL
quinta, 14 de novembro de 2019
FARMÁCIA_CENTROFARMA_FULL
Busca
ÁGUAS DE BONITO
Brasil

Ensino integral terá repasse 25% maior do Fundeb

7 Mai 2007 - 14h10
Mesmo sem diretrizes claras sobre o ensino em dois turnos, a educação básica integral na rede pública passará a ter mais recursos a partir deste ano. Para incentivar a expansão do tempo integral, o governo determinou um repasse de cotas 25% maiores do Fundo de Manutenção e Desenvolvimento da Educação Básica (Fundeb) para alunos matriculados no ensino fundamental e médio integrais, assim como no ensino médio profissionalizante.

Pela primeira vez, o valor mínimo destinado a esses estudantes é superior à cota padrão. "Como em todo o ensino básico, o Ministério da Educação não criou regras nacionais. Ele atua apenas na indução, como nesse caso de diferenciar o valor do Fundeb", diz o secretário da Educação Básica do MEC, Francisco das Chagas Fernandes.

Para se encaixar na categoria de ensino integral, as escolas precisam obedecer a apenas dois critérios: ter carga horária de pelo menos seis horas diárias e oferecer atividades diferentes do currículo tradicional. Vários Estados e municípios montaram projetos-piloto nos últimos anos, muitos deles bem-sucedidos, mas a falta de diretrizes preocupa o Conselho Nacional de Secretários de Educação (Consed). "Só o tempo dentro da escola não garante um ensino melhor", alerta a presidente da entidade, Maria Auxiliadora Resende.

Para ela, os setores interessados ainda têm de discutir a melhor forma de ampliar a permanência das crianças nos colégios. "Se a intenção é influenciar os resultados da nossa educação, é preciso montar uma nova proposta pedagógica, que inclua lazer e cultura, mas que também aumente a carga para disciplinas como português e matemática", diz.

A presidente da União Nacional dos Dirigentes Municipais de Educação (Undime), Maria do Pilar Almeida e Silva, recebeu com satisfação a diferença nos valores do Fundeb, mas não sabe se ela provocará o aumento de vagas no ensino integral a curto prazo. "Sem dúvida os governos serão estimulados, mas além da questão financeira, muitas vezes há a falta de espaços", diz ela.
 
 
Mídia Max

Deixe seu Comentário

Leia Também

PARTIDO APB
Bolsonaro anuncia a deputados que vai deixar PSL e criar o partido 'Aliança Pelo Brasil'
FAMOSIDADES
Solange Gomes posa com seio à mostra: 'O tempo pode até passar, mas a exibição não'
NOVELA GLOBAL
Em 'A dona do pedaço', Fabiana faz terror com freiras em convento
SEM TETO
Mulher montou casa em ponto de ônibus há um mês. Prefeitura sabe, mas nada fez
ABSURDO - BRASIL
Menina de cinco anos morreu por bala perdida durante execução de traficante, segundo a Polícia Civil
EXPLORAÇÃO SEXUAL
Brasileiros são condenados por explorar prostitutas e vender drogas em Londres
NOVA LEGENDA
Presidente do PSL-RJ, Flávio Bolsonaro se desfilia do partido e apoiará criação de nova legenda
AMIZADE
Rômulo Estrela dá cadeira de rodas a colega baleado em assalto
SOLIDARIEDADE
Gusttavo Lima para carro e ajuda catador com cão no ombro. Vídeo
NOVELA GLOBAL
Em 'A dona do pedaço', Abel passa no 'teste' e pede Britney em casamento: 'Te amo'