Menu
LIMIT ACADEMIA
segunda, 18 de março de 2019
SADER_FULL
Busca
ITALÍNEA
Brasil

Energia elétrica já está 19,46% mais cara em MS

30 Ago 2004 - 09h42
A tarifa de energia elétrica está mais cara, em média, 19,46%, para os 1,84 milhão de consumidores da Elektro no interior de São Paulo e Mato Grosso do Sul. Para os consumidores residenciais, o reajuste será de 16,55% e para os grandes consumidores (como as indústrias), de 24,02%. Nos últimos 12 meses, a inflação medida pelo IPCA ficou em 4,42%. A alta do dólar em 2002 e 2003 foi responsável por 3,82 pontos percentuais no aumento da tarifa da Elektro. O dólar tem impacto porque as distribuidoras de energia das regiões Sul, Centro-Oeste e Sudeste são obrigadas a comprar energia da hidrelétrica de Itaipu, que vende em dólar.
Os reajustes são diferenciados - menores para residenciais e maiores para grandes consumidores - porque o governo está, aos poucos, retirando subsídios das tarifas. Os subsídios faziam com que os consumidores residenciais pagassem tarifas mais altas para que as indústrias pagassem menos pela energia
.
 
 
Dourados Agora

Deixe seu Comentário

Leia Também

RESGATADO
Cão abandonado em ilha estava sendo comido vivo por urubus
SEXTUPLOS
Americana dá à luz seis bebês em nove minutos
TRAGÉDIA EVITADA
Garoto de 11 anos leva faca na mochila para matar colega no ônibus escolar
ALERTA AOS PAIS
Menino de quatro anos corta os pulsos em Goioerê e pode ser influência da Momo
FAKE NEWS
Padre Fábio de Melo desmente texto atribuído a ele sobre o ataque em Suzano
ATROPELAMENTO
Idoso é derrubado de bicicleta e atropelado por veículo – Imagens Fortes
PENA MÁXIMA
Pai, madrasta e outros dois réus são condenados pela morte do menino Bernardo
DOCUMENTO UNICO
CPF substitui a partir de hoje diversos documentos
SEM FILA E SEM ESTRESSE
#SemEstresse: sofre com o mal de ficar horas nas filas lotéricas? Veja como se livrar delas
TRAGÉDIA NA FAMILIA
Morre Avós e menino de quatro anos feridos em acidente