Menu
LIMIT ACADEMIA
sábado, 22 de setembro de 2018
SADER_FULL
Busca
ITALÍNEA
Brasil

Encontro de Ponta Porã confirma Gilda suplente de Dagoberto

24 Mai 2010 - 14h37Por Fátima News com Assessoria

Encerrado sábado, o 4º encontro regional do PT em Ponta Porã,  confirmou a pré-candidatura da ex-primeira-dama Gilda dos Santos para suplente de senadora, na chapa do deputado federal Dagoberto Nogueira (PDT).

O evento, iniciado na sexta-feira, reuniu lideranças de outros partidos fora do arco de aliança, de empresários, sindicalistas e de simpatizantes, em uma manifestação da força da chapa da oposição, que tem Zeca do PT para governador, Delcídio do Amaral e Dagoberto ao Senado.

Participaram da abertura do encontro na noite de sexta-feira, na Câmara de Ponta Porã, cerca de 400 pessoas.

 Os dois deputados federais pelo PT, Vander Loubet e Antônio Carlos Biffi, deputados estaduais Amarildo Cruz e Pedro Kemp e o presidente regional do PT, Marcus Garcia, também prestigiaram do encontro, que reuniu lideranças de todos os municípios da região de fronteira e do Sul do Estado.

Delcídio disse que a decisão de indicar Gilda como suplente “oxigena” o partido, lembrando a importância desta eleição, pelo leque de opções e as novidades que o PT e os aliados oferecem ao eleitor.

O senador observou que este ano o eleitor poderá votar em dois senadores e que a aliança PT-PDT já tem os pré–candidatos, referindo-se ao seu nome e ao de Dagoberto.

"Em nível nacional, pela primeira vez, vamos eleger uma mulher como presidente do Brasil, a companheira Dilma Rousseff, que representa a continuidade do desenvolvimento como responsabilidade social do nosso país, por isso acredito que o PT de Mato Grosso do Sul não poderia escolher melhor o nome da suplência do nosso grande aliado Dagoberto, pois a professora Gilda é a cara do PT, uma grande mulher, tem história, militância e é uma lutadora diária na defesa das nossas bandeiras.”

O senador petista disse não ter dúvida da vitória do PT nestas eleições. “Com o Zeca, nós vamos ganhar as eleições”. E desafiou o atual governador, André Puccinelli (PMDB), a comparar sua gestão com qualquer período do governo Zeca, que se estendeu por oito anos.

“Qualquer um dos quatro anos que comparar é muito superior. Esta será nossa estratégia. Os primeiros quatro anos do governo Zeca foram de um desafio criativo. Pagar salários atrasados, aumentar a arrecadação, reformar escolas, hospitais, postos de saúde, tirar o estado do atoleiro.”

Analisando a conjuntura política, Delcídio conclui que o resultado do pleito deste ano terá reflexo direto em 2012, quando estarão em disputa as prefeituras de todo o Estado, e o PT e os partidos aliados se organizam para ampliar espaços.

O senador foi além, afirmou que a vitória de Zeca consolida um projeto para 2014. Neste ano estará em jogo, novamente, o governo do Estado. “E o papai aqui espera sucedê-lo”, disse Delcídio para Zeca.

Em discurso, Gilda disse que a luta por um estado melhor depende da força e da união da militância do PT e dos que acreditam nesse projeto.

“Me sinto extremamente lisonjeada de poder representar o meu partido, o meu PT que eu tanto amo, nesse projeto junto com o nosso grande aliado e companheiro Dagoberto, portanto eu tenho só que agradecer à confiança que os militantes do PT estão me dando neste momento”.

Deixe seu Comentário

Leia Também

EMBOSCADA
Homem é assassinado na frente do filho de seis anos
FAMOSIDADES
Xuxa rompe silêncio sobre Marlene Mattos e traições de Pelé: ‘Me fez coisas muito feias’
ASSALTANTE
Preso confessou que matou a ex em cela da cadeia
DISPUTA ACIRRADA
Nova pesquisa mostra empate técnico entre Haddad e Bolsonaro
SELEÇÃO BRASILEIRA
Gabriel Jesus retorna para a Seleção
LOTERIA
Mega-Sena acumula novamente e pode pagar prêmio de R$ 22 milhões
HORÁRIO DE VERÃO 2018
Horário de Verão pode ser extinto em todo território nacional
EDUCAÇÃO
‘Desejo continuar com a minha profissão, mas temo pela minha vida’, diz professor agredido em aula
SOB INVESTIGAÇÃO
Jovem é encontrada morta dentro do quarto e esposo está desaparecido
MORTE NO DETRAN
Jovem sofre parada cardíaca durante prova para tirar CNH