Menu
SADER_FULL
quarta, 17 de julho de 2019
LIMIT ACADEMIA
Busca
AGÊNCIA BONITO THIAGO
Brasil

Empresas geraram 2,9 milhões de empregos formais entre 2005 e 2008

29 Out 2010 - 08h38Por IBGE

Estudo inédito da Demografia das Empresas, feito a partir do Cadastro Central de Empresas do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) e dos Indicadores de empreendedorismo da Organização para Cooperação e Desenvolvimento Econômico (OCDE), detectou que, em 2008, havia 30.954 empresas de alto crescimento no País.

Elas representavam 8,3% das empresas com 10 ou mais pessoas assalariadas e foram responsáveis pela geração de 2,9 milhões empregos formais entre 2005 e 2008.

Isso equivale a 57,4% do total de 4,9 milhões de empregos criados no período.

Outro dado divulgado na quarta-feira (27) revela a importância das empresas de alto crescimento para a economia do País: entre 2005 e 2008, o número de postos de trabalho assalariados oferecidos por elas cresceu 173,7%, o que equivale, em média, a mais 98,4 assalariados em cada empresa de alto crescimento.

No mesmo período, o pessoal assalariado no conjunto das empresas brasileiras aumentou 22,2%.

Em 2008, havia 4,1 milhões de empresas ativas no País, que ocuparam 32,9 milhões de pessoas, sendo 27 milhões (82,2%) assalariadas e 5,9 milhões (17,8%) sócios ou proprietários.

Os salários e outras remunerações pagos no ano totalizaram R$ 434,4 bilhões, e o salário médio mensal, R$ 1.255,95, o que equivale a 3,1 salários mínimos médios mensais. A idade média das empresas ativas era de 9,7 anos.

A pesquisa mostrou que existe uma relação direta entre o porte das empresas e a taxa de sobrevivência.

Enquanto entre as empresas sem pessoal assalariado somente 67,6% são sobreviventes, nas empresas com uma a nove pessoas esta taxa sobe para 89,2% e para as empresas com 10 ou mais pessoas ocupadas foi de 96%.

As atividades econômicas que mais se destacaram a partir do total de 889,5 mil empresas que entraram e de 719,9 mil que saíram foram comércio, reparação de veículos automotores e motocicletas com 444,1 mil e 380,4 mil empresas (49,9% e 52,8%), indústrias de transformação com 68,7 mil e 59,6 mil (7,7% e 8,3%) e alojamento e alimentação com 63,0 mil e 51,6 mil (7,1% e 7,2%), respectivamente.

A taxa de entrada das empresas do mercado em 2008 foi de 21,8%. Por atividade econômica, as maiores taxas de entrada foram observadas em eletricidade e gás (30,2%), artes, cultura, esporte e recreação (29,3%) e construção (28,7%) e as menores em saúde humana e serviços sociais (17,5%), nas indústrias de transformação (16,9%) e nas indústrias extrativas (19,4%).

As regiões Sudeste e Sul apresentaram as maiores taxas de empresas sobreviventes (79,1% e 79,8%, respectivamente) acima da média nacional (78,1%). Mas as maiores taxas de entrada e de saída foram observadas no Norte (28,9% e 22,0%), Centro-Oeste (25,1% e 18,4%) e Nordeste (24,5% e 20,1%), assim como as menores taxas de sobrevivência ,71,1%, 74,9% e 75,5%, respectivamente.

Santa Catarina, Rio de Janeiro e Minas Gerais apresentaram as maiores taxas de sobrevivência, 82,2%, 80,5% e 79,6%, respectivamente.

Por outro lado, Amapá Roraima, Acre apresentaram as menores taxas, 66%, 66,2% e 66,9%, respectivamente.

São Paulo, Minas Gerais e Rio Grande do Sul tinham o maior número de entradas de unidades locais no mercado (296.138, 97.460 e 84.133, respectivamente), mas suas taxas de entrada eram baixas (21,3%, 20,4% e 20,6%)

Deixe seu Comentário

Leia Também

DESCARGA ELÉTRICA
Técnico de Rerigeração morre após sofrer choque ao manusear microondas
DOENÇA DO SÉCULO
Rapaz que se jogou da ponte do Rio Piquiri se despediu de amiga antes
COMOÇÃO
Jovem de 19 anos morre após contrair bactéria em parto
NOVELA GLOBAL
Josiane mata de novo em 'A dona do pedaço': saiba quem é a próxima vítima!
NOVELA GLOBAL
'A dona do pedaço': Maria da Paz conhece Gilda, que lhe vende mansão cara
ECLIPSE LUNAR
Eclipse parcial da Lua poderá ser visto em todo o Brasil; veja os horários
BARBÁRIE
Moça de 22 anos é agredida até a morte após se negar a fazer sexo
COMOÇÃO
Jovem Lenara, filha de vice prefeito morre vitima de câncer
100 REMEDIOS
Ministério da Saúde suspende fabricação de 19 remédios;veja aqui a lista dos medicamentos cortados
ABANDONADA NO ALTAR
Morre jovem que casou sozinha após ser abandonada no altar