Menu
LIMIT ACADEMIA
segunda, 22 de abril de 2019
SADER_FULL
Busca
ITALÍNEA
Brasil

Empresas de MS tem salários são abaixo da média nacional

27 Mai 2010 - 14h42Por MS Aqui

Divulgada nesta semana a Estatística do Cadastro Central de Empresas 2008, pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística, mostra que o número de empresas e empregos em Mato Grosso do Sul tem aumentado, mas os salários não acompanham a média nacional na maioria dos setores econômicos.

Em 2007 havia no Estado 54.732 empresas que empregavam juntas 482.937 trabalhadores. O montante de salários foi de R$ 6.207.651.000 ao passo que em 2008 o número de empresas saltou a 57.620, aumento de 5,2%, o de funcionários passou a 519.494, salto de 7,56% e os pagamentos somaram R$ 7.536.299.000, montante 21% maior.

Ocorre que em salários mínimos, a remuneração média paga pelas empresas ficou mantido em 3,1 ao passo que na média nacional é de 3,4 salários mínimos.O setor que tem a melhor remuneração em Mato Grosso do Sul é o de serviços de eletricidade e gás. Em 2008 pagava, em média 8,8 mínimos para cada trabalhador. A massa salarial foi de R$ 57.764. 000 em um universo de 1 265 funcionários de 141 empresas.

Os menores salários aparecem no setor de alojamento e alimentação, com 1,4 salário mínimo, em média e nas atividades administrativas e serviços complementares, com mais 1,7 salários mínimos em média. Juntos estes dois setores empregavam 41.928 no ano de referência.

Deixe seu Comentário

Leia Também

100 LUZ
Giselle Itié lamenta a morte de outro ex-namorado em apenas três meses
CENSURADO
Video com ataques de Olavo a Militares é excluido das Redes de Bolsonaro
DOENÇA DO SÉCULO
Yasmim Gabrielle, do ‘Programa Raul Gil’, se suicida após depressão
FATALIDADE
Bebê morre após ser esquecida pelo pai por três horas dentro do carro
IRRESPONSABILIDADE
Bebê de 1 aninho entra em coma alcoólico após pai dar cachaça com refrigerante
BONITO - MS - DICA AGÊNCIA ECO TOUR
Confira agora os 5 passeios mais românticos de Bonito (MS)
EM ÁUDIO VAZADO
Em áudio, Onyx diz que governo deu 'uma trava na Petrobras', caminhoneiros podem ficar sossegados
EMOÇÃO E RECOMEÇO
Mãe e filho se reencontram em hospital após desabamento de prédios
ACIDENTE FATAL
Três morrem em explosão provocada por vazamento de botijão de gás
NOVA PARALISAÇÃO
Ala dividida de caminhoneiros falam em greve no próximo dia 29 em todo o Brasil