Menu
LIMIT ACADEMIA
sexta, 22 de fevereiro de 2019
SADER_FULL
Busca
ITALÍNEA
Brasil

Empresário conta por que queria vender Neymar

27 Ago 2010 - 13h56Por Folha
O empresário de futebol Wagner Ribeiro, 51, costuma ser hostilizado quando vai ao estádio. "É chato isso. Não tenho culpa, nunca vendi um jogador que não quisesse sair ou que o clube não quisesse vender", disse à Folha, em seu escritório em Moema.

Ex-empresário dos badalados Kaká e Robinho, tornou-se alvo da ira dos torcedores após intermediar transferências para a Europa. Virou vilão da torcida santista depois de insistir na venda de Neymar, 18, para o Chelsea.  

 

"O "vilão" é uma forma de o torcedor expressar sua insatisfação", afirmou ele.

Ex-são-paulino fanático, diz que agora torce por seus jogadores e defende o modelo de venda dos direitos dos atletas. Ribeiro afirma que, antes de agente, é um amigo dos seus clientes e critica o comportamento do presidente do Santos: "Ele agiu como um presidente-torcedor."

Deixe seu Comentário

Leia Também

PERSISTÊNCIA
Ex-faxineiro se forma em Jornalismo e já está empregado
O QUE IMPORTA PARA VOCÊ?
Equipe médica leva paciente de UTI à formatura do filho
INDIGNAÇÃO
Pedreiro desafia Rodrigo Maia: 'Trabalhe 30 dias numa obra, que trabalho até os 80'
AMOR INCONDICIONAL
Cadela espera toda noite pela chegada de Boechat, diz mulher do jornalista
VIOLENCIA DOMESTICA
Reconstrução de rosto de mulher espancada na Barra vai durar seis meses, diz médico
REFORMA DA PREVIDÊNCIA
Aposentadoria é para viver, não para receber só à beira da morte
CHANTAGEM
Ladrões invadem estabelecimentos, obrigam funcionárias a tirarem a roupa, filmam e extorquem vítimas
FORAGIDO
Atirador invade escritório de advocacia e mata duas pessoas
BBB 19
Rízia chora por estar acorrentada: 'Vontade de desistir'
LARANJADA
Deputados do PSOL distribuem laranjas na chegada de Bolsonaro à Câmara