Menu
LIMIT ACADEMIA
segunda, 12 de novembro de 2018
FARMÁCIA_CENTROFARMA_FULL
Busca
SICREDI_FATIMA
Brasil

Emprego com carteira assinada até julho é o maior desde 92

5 Ago 2004 - 11h04
A geração de empregos com carteira assinada irá ultrapassar 1,2 milhão de vagas até julho deste ano, segundo o presidente Luiz Inácio Lula da Silva. Até junho, haviam sido criados 1,034 milhão de empregos com carteira assinada neste ano.

Segundo o presidente, os dados oficiais do Caged (Cadastro Geral de Empregados e Desempregados) do Ministério do Trabalho vão mostrar que o país manterá a criação de empregos formais no patamar recorde alcançado nos meses anteriores, que apontava o melhor resultado desde 1992.

"Já podemos garantir que até o mês de julho já ultrapassamos 1,2 milhão de empregos com carteira assinada. O que não é pouca coisa, porque é o maior número desde 1992". disse Lula durante reunião do CDES (Conselho de Desenvolvimento Econômico e Social), no Palácio do Planalto.

Ele afirmou, no entanto, que ainda há "muitos braços ociosos" no país e que é preciso criar muitas outras vagas.

No mês passado, o Ministério do Trabalho revisou a estimativa de geração de empregos formais de 1,3 milhão de vagas para 1,8 milhão em 2004.
 
Folha Online

Deixe seu Comentário

Leia Também

FAMOSIDADES
Susana Vieira está com leucemia, mas a doença está controlado, diz assessoria
NOVELA GLOBAL
Marina Ruy Barbosa é a heroína de 'O sétimo guardião': 'Luz foge do tradicional'
CONSTRANGIMENTO
Claudia Leitte quebra silêncio e desabafa sobre polêmica com Silvio Santos
OPORTUNIDADE DE EMPREGO
Concursos oferecem mais de 1 mil vagas e salários de até R$ 6,6 mil no MS
NOVA EQUIPE
Bolsonaro intensifica processo de transição esta semana em Brasília
ESPORTE EM TOUROS
VÍDEO: Peão de MS morre após ser pisoteado por touro em rodeio no interior de SP
ULTIMO CAPITULO
Globo exibe último capítulo de Segundo Sol e assunto bomba
DE GLÓRIA DE DOURADOS PARA O MUNDO
Ana Karla é convidada especial da Hyundai para um talk show neste sábado em São Paulo
1ª INDIGENA NO GOVERNO
Índia da equipe de Jair Bolsonaro já atuou com Cauã Reymond e foi moradora de rua
FINAL DE NOVELA
Valentim beija Rosa em gravação que vai ao ar no fim de 'Segundo sol'; veja mais detalhes