Menu
LIMIT ACADEMIA
sexta, 15 de fevereiro de 2019
FARMÁCIA_CENTROFARMA_FULL
Busca
CANTINA BAH
Brasil

Empregados do frigorífico JBS I denunciam desvio de função

6 Set 2010 - 12h24Por Fátima News com assessoria

Empregados para atuar em setores quentes (matança, triparia, miúdos, etc) eles estão sendo desviados para trabalhar em ambientes frios (desossa)

Os empregados do frigorífico JBS I denunciaram a empresa no Ministério do Trabalho e Emprego – MTE por desvio de função e por colocar em risco a saúde de dezenas de homens e mulheres, ao trocá-los de setores quentes da empresa (matança, triparia, miúdos, etc) para setores frios (desossa). A denúncia, mediante pedido de fiscalização e autuação “urgente” da fiscalização, foi feita na sexta-feira (3) pelo Sindicato dos Trabalhadores nas Indústrias de Carnes e Derivados de Campo Grande - STICCG.


“Os trabalhadores além de estarem sendo desviados de suas funções, sem a devida remuneração, não recebem por insalubridade por trabalhar em ambiente altamente frio, que coloca a saúde deles em risco”, afirmou Gilberta Gimenes Gregório, presidente do sindicato. Ela pede urgência na investigação da denúncia pois entende que a cada dia que passa o risco dos empregados contraírem problemas de saúde aumenta.


Gilberta Gimenes explicou ainda que esses funcionários que estão sendo desviado de suas funções não foram treinados para trabalhar nesse setor e isso pode provocar acidentes. O sindicato tem recebido inúmeras reclamações dos funcionários que querem intervenção do Ministério do Trabalho e Emprego.


Dentistas - Os frigoríficos JBS I e II, estão sendo acusados também pelo sindicato, de impedir que seus funcionários recebam tratamento odontológico gratuito, oferecido pela entidade através de convênio com um clínica que utiliza de um trailer que iria até as duas indústrias, para facilitar o atendimento aos empregados.


A denúncia é da diretoria do STICCG que ficou revoltada diante da negativa das duas empresas de liberar funcionários, através de sistema de rodízio, para que recebessem o atendimento odontológico no pátio da empresa. “Não dá para entender a resistência da empresa diante de um benefício de tamanho valor para os empregados”, comentou a sindicalista.

Deixe seu Comentário

Leia Também

BARBÁRIE
Rosane Santiago Silveira, torturada e morta em sua própria casa
CARRO DE APLICATIVO
Mulher é estuprada após aceitar água e bala em carro de app
VIOLENCIA DOMESTICA
Enquanto Lírio Parisotto era condenado, Luiza Brunet discutia campanha contra violência doméstica
CANALHA
Criança de 4 anos é estuprada no próprio aniversário
HORARIO DE VERÃO
Atrase seu relógio! Horário de verão termina neste sábado(16)
CARCERE PRIVADO
Mulher é chicoteada com fio elétrico pelo marido
TRAGÉDIA NA FAMILIA
Lutador de MMA mata ex de 16 anos, tenta suicídio e morre horas depois em hospital
VIOLENCIA NO RIO
Menina de 11 anos é baleada e morta em Triagem; moradores protestam
DOENÇA GRAVE
Leiliane ganha acompanhamento médico após desastre com Boechat
SOLIDARIEDADE
Jovem faz campanha para pagar cirurgia de cachorro que vive com tumor 'gigante'