Menu
SADER_FULL
sábado, 26 de maio de 2018
PASSARELA
Busca
ITALÍNEA
Brasil

Embargo argentino à carne brasileira pode terminar hoje

30 Jun 2004 - 07h13
 

O ministro da Agricultura, Pecuária e Abastecimento, Roberto Rodrigues, voltou a afirmar que o embargo da Argentina à carne bovina brasileira, imposto depois da confirmação de um foco de febre aftosa no Pará, pode terminar até hoje. Segundo Rodrigues, o próprio ministro da agricultura argentino, Miguel Campos, garantiu que após uma reunião, prevista para hoje em Buenos Aires, tudo ficará resolvido.

Ontem, a mídia argentina condenou a atitude do governo do País em proibir as importações do Brasil, deixando claro que a atitude pareceu mais política do que técnica. Já o governo da Argentina, por sua vez, justificou o caso dizendo ter confundido o Pará com o Paraná, e mesmo tentando desmentir o fato, não conseguiu explicar tecnicamente o por que do embargo.

 

Mídia Max News

Deixe seu Comentário

Leia Também

FÁTIMA DO SUL - FOTO DO DIA
FOTO DO DIA: Carreata dos caminhoneiros vista de cima em Fátima do Sul
FÁTIMA DO SUL - GREVE JÁ PREOCUPA
Situação já preocupa o setor alimentício 'Acendemos a luz vermelha', diz empresário em Fátima do Sul
FÁTIMA DO SUL - BUZINAÇO NA AVENIDA
Ao som do Hino Nacional, população e caminhoneiros fazem 'buzinaço' em Fátima do Sul
AGORA - DECISÃO DO PRESIDENTE
#AGORA: Temer aciona Exército 'forças federais' para desbloquear estradas
FÁTIMA DO SUL - CARREATA DOS CAMINHONEIROS
Caminhoneiros preparam carreata e conclamam o comércio para que fechem as portas em Fátima do Sul
COPA DO MUNDO
Dias de jogos do Brasil na Copa do Mundo não serão feriado
FÁTIMA DO SUL - PROTESTOS CONTINUAM
Bloqueios continuam e caminhoneiros convocam população para 'Parar Fátima do Sul'
VANDALISMO NÃO!
Caminhão é incendiado por manifestantes durante protesto contra aumento de combustível
TRABALHO ESCRAVO
Ministério do Trabalho resgata 15 trabalhadores de situação degradante
NOVELA GLOBAL
Segundo Sol: Fugitiva, Manu é perseguida pelo avô cruel, ela busca refugio na casa de Luzia: “Você é