Menu
FARMÁCIA_CENTROFARMA_FULL
quinta, 21 de março de 2019
SADER_FULL
Busca
ITALÍNEA
Brasil

Em nota oficial, prefeito de Naviraí defende-se de denúncias

9 Mai 2007 - 16h59

Utilizando sua assessoria de imprensa, o prefeito de Naviraí, Zelmo de Brida (PR), emitiu uma nota oficial para tentar defender-se das denúncias de superfaturamento e má qualidade de imóveis distribuídos para a população através de um programa habitacional, feita pelos promotores de Justiça Paulo da Graça Riquelme de Macedo Júnior, Luiz Gustavo Tercaril e Letícia Rossana Pereira Ferreira, que resultaram em ação por improbidade administrativa.

O prefeito recebeu da juíza Marilsa Aparecida da Silva Baptista, da 2ª Vara da Justiça de Naviraí, o prazo de 15 dias, a contar da notificação, para prestar esclarecimentos.

O prefeito abre a nota oficial afirmando que o Conjunto Habitacional Tarumã, o único entregue por sua administração, com 100 unidades, foi edificado pelo governo estadual, com a prefeitura doando o terreno e a infra-estrutura. “Portanto, se há superfaturamento, o governo é quem terá de responder”, diz a nota assinada pela assessoria de imprensa do prefeito.

Sobre o questionamento dos promotores de que os imóveis não foram destinados a pessoas de baixa renda, a nota informa que a renda mínima exigida para o mutuário daquele conjunto era de 600 reais de rendimento (critério da financiadora Caixa), com prestações variando de 70 a 120 reais, conforme a renda da família.

Sobre denuncias de que um ou outro morador tenha sido contemplado com uma casa, sem ser merecedor, a nota esclarece que os critérios de seleção foram puramente técnicos e estabelecidos pela instituição financeira, dentro de um grupo de candidatos interessados apresentados pela área Social do município.

Diz ainda a nota que o número de cadastrados em Naviraí passa 2,5 mil aguardando inclusão nos Programas Sociais.

Por fim, a nota da assessoria de imprensa acusa a imprensa de tentar confundir a opinião pública através das publicações, exemplificando o fato de citar, na mesma matéria, o processo aberto para investigar a regularidade da licitação da empresa A.R Selem Júnior.

Confusa e sem nexo, a nota da assessoria de imprensa alega que o advogado Nério Andrade de Brida, não é e nunca foi sócio da referida empresa e assegura que o mesmo não será afastado, porque já não fazer parte do quadro da Administração há mais de um ano.

Diz ainda que em relação ao processo licitatório a Prefeitura comprovará no momento oportuno, na esfera competente, a lisura do mesmo. “A existência de uma Agencia de Publicidade para cuidar das contas de Imprensa, só acontece para o cumprimento da lei de responsabilidade fiscal”, tenta esclarecer a nota da assessoria de imprensa do prefeito Zelmo de Brida.

 

 

Mídia Max

Deixe seu Comentário

Leia Também

DESCASO
Bebê morre após parto feito pelo pai em ambulância sem médico
FAMOSIDADES
Aos 58 anos, atriz Tássia Camargo sofre infarto e está na UTI de Hospital em Portugal
ASSÉDIO SEXUAL
Homem é morto a tiros após assediar mulher casada
FATALIDADE
Mulher morre ao cair de pé de abacate e bater cabeça na linha do trem
MANIACO SEXUAL
Pai flagra estupro da filha dentro de casa usando o celular, suspeito foi preso
FAMOSIDADES
Quem era Bettina antes do R$ 1 Milhão: Ela foi professora de balé, modelo e panfleteira
MENTOR DO MASSACRE
Polícia de Suzano apreende menor suspeito de planejar ataque
INTERNADO
Criança de 4 anos cai em poço de cinco metros de profundidade
RESGATADO
Cão abandonado em ilha estava sendo comido vivo por urubus
SEXTUPLOS
Americana dá à luz seis bebês em nove minutos