Menu
LIMIT ACADEMIA
terça, 18 de dezembro de 2018
FARMÁCIA_CENTROFARMA_FULL
Busca
CANTINA BAH
Brasil

Em nota oficial, prefeito de Naviraí defende-se de denúncias

9 Mai 2007 - 16h59

Utilizando sua assessoria de imprensa, o prefeito de Naviraí, Zelmo de Brida (PR), emitiu uma nota oficial para tentar defender-se das denúncias de superfaturamento e má qualidade de imóveis distribuídos para a população através de um programa habitacional, feita pelos promotores de Justiça Paulo da Graça Riquelme de Macedo Júnior, Luiz Gustavo Tercaril e Letícia Rossana Pereira Ferreira, que resultaram em ação por improbidade administrativa.

O prefeito recebeu da juíza Marilsa Aparecida da Silva Baptista, da 2ª Vara da Justiça de Naviraí, o prazo de 15 dias, a contar da notificação, para prestar esclarecimentos.

O prefeito abre a nota oficial afirmando que o Conjunto Habitacional Tarumã, o único entregue por sua administração, com 100 unidades, foi edificado pelo governo estadual, com a prefeitura doando o terreno e a infra-estrutura. “Portanto, se há superfaturamento, o governo é quem terá de responder”, diz a nota assinada pela assessoria de imprensa do prefeito.

Sobre o questionamento dos promotores de que os imóveis não foram destinados a pessoas de baixa renda, a nota informa que a renda mínima exigida para o mutuário daquele conjunto era de 600 reais de rendimento (critério da financiadora Caixa), com prestações variando de 70 a 120 reais, conforme a renda da família.

Sobre denuncias de que um ou outro morador tenha sido contemplado com uma casa, sem ser merecedor, a nota esclarece que os critérios de seleção foram puramente técnicos e estabelecidos pela instituição financeira, dentro de um grupo de candidatos interessados apresentados pela área Social do município.

Diz ainda a nota que o número de cadastrados em Naviraí passa 2,5 mil aguardando inclusão nos Programas Sociais.

Por fim, a nota da assessoria de imprensa acusa a imprensa de tentar confundir a opinião pública através das publicações, exemplificando o fato de citar, na mesma matéria, o processo aberto para investigar a regularidade da licitação da empresa A.R Selem Júnior.

Confusa e sem nexo, a nota da assessoria de imprensa alega que o advogado Nério Andrade de Brida, não é e nunca foi sócio da referida empresa e assegura que o mesmo não será afastado, porque já não fazer parte do quadro da Administração há mais de um ano.

Diz ainda que em relação ao processo licitatório a Prefeitura comprovará no momento oportuno, na esfera competente, a lisura do mesmo. “A existência de uma Agencia de Publicidade para cuidar das contas de Imprensa, só acontece para o cumprimento da lei de responsabilidade fiscal”, tenta esclarecer a nota da assessoria de imprensa do prefeito Zelmo de Brida.

 

 

Mídia Max

Deixe seu Comentário

Leia Também

FAMOSIDADES
Silvio Santos se pronuncia sobre polêmica com Claudia Leitte e reage a campanha feminista
NOVELA GLOBAL
'O sétimo guardião': Sóstenes cometeu crime por amor a Luz
ABUSO SEXUAL
João de Deus se entrega para a polícia
ACIDENTE
Criança de dois anos se enforca com a alça da bolsa enquanto brincava em escola
CASO JOÃO DE DEUS
Marina Ruy Barbosa intervém no caso João de Deus e impede uma grande tragédia
PRISÃO DECRETADA
Justiça de Goiás decreta prisão de João de Deus
STARTUPS NO BRASIL JÁ É SUCESSO
O sucesso das startups no Brasil e algumas novas apostas no mercado
REVOLTANTE
Filha de João de Deus diz que foi abusada dos 10 aos 14 anos: 'Meu pai é um monstro'
NOVELA GLOBAL
'O sétimo guardião': Robério beija Marcos Paulo e a agride ao descobrir que ela é trans
DESTAQUE MUNDIAL
Dois brasileiros estão no Top 50: melhores professores do mundo