Menu
RIO_DOURADOS
SADER_FULL
Busca
SUCURI_MEGA
Brasil

Em dez anos 265 mil pessoas morreram vítimas de arma de fogo

9 Nov 2004 - 08h05
Mais de 90% das vítimas de tiros no Brasil são homens que tinham entre 15 e 29 anos. O risco de um rapaz ser assassinado é 20 vezes maior do que o de uma moça. Esse é o principal resultado de uma pesquisa feita pelo Núcleo de Violência da Universidade de São Paulo (USP) sobre o uso de armas de fogo no país.

De 91 a 2000, 265 mil pessoas tiveram morte violenta, provocada por arma de fogo - 82% delas foram assassinadas. A violência explodiu em Recife, Cuiabá, Rio de Janeiro, Vitória, Porto Velho e São Paulo. No fim da década de 90, as armas mataram mais do que os acidentes de trânsito.

A coordenadora da pesquisa, Maria Fernanda Tourinho Peres, defende uma estratégia para reverter essa tendência:

- É importante investir na melhoria das instituições policiais, na redução da impunidade, mas é importante também investir em redução de desigualdade, de desemprego, na promoção de políticas educacionais e políticas sociais em geral.

Luís Carlos dos Santos, que teve um irmão assassinado e vive em uma das regiões mais perigosas de São Paulo, criou um centro de atendimento a adolescentes e parentes de vítimas de violência. Ele alerta que o crime entra cada vez mais cedo na vida das pessoas:

- São crianças de 9 a 12 anos, que estão sendo vítimas da violência e já praticando a violência também.

Em São Paulo, o ministro da Justiça, Márcio Thomaz Bastos, defendeu a prorrogação da campanha do desarmamento como uma das formas de reduzir o crime. E reconheceu a gravidade da situação:

- Eu diria que estamos em uma luta, uma luta que nós não podemos perder. Uma luta que devemos ganhar. E qual é nossa vitória? Reduzir esses crimes a um nível razoável.
 
Globo Online

Deixe seu Comentário

Leia Também

O Apocalipse
Natália (Samara Felippo) é beijada por Dylan (Marcelo Valle) e se diverte com o jeito dele
Acerto de Contas
Mulher é assassinada e companheiro é poupado pelos bandidos
Macabro
Filho que escondeu corpo de pai pode ser indiciado por três crimes
Novela
'Deus salve o rei': Catarina (Bruna Marquezine) mata Constantino
Novela Global
'Outro lado': Gael luta contra violência doméstica no fim
Monstro
Câmera flagra irmão à procura de menina que teria sido abusada por prefeito de Bariri
Perigo do Selfie
Três garotas caem de ponte de 20 metros ao tirarem fotos em Castelo
Campanha de filiações
Prisão de Lula faz disparar filiações ao PT
O Apocalipse
Arthur (Junno Andrade) fala na TV que Ricardo (Sergio Marone) ressuscitou em seu velório
BBB 18 - Vencedora
Veja a casa de Gleici, do'BBB 18': Sister teve o pai assassinado pelo tráfico e passou fome