Menu
FARMÁCIA_CENTROFARMA_FULL
quinta, 15 de novembro de 2018
LIMIT ACADEMIA
Busca
SICREDI_FATIMA
Brasil

Em Coxim, 46% dos cães tem leishmaniose

1 Jul 2010 - 10h38Por Coxim Agora
Um levantamento feito pela Vigilância Sanitária do município de Coxim, a 260 quilômetros de Campo Grande, revelou um dado alarmante: de 344 cães examinados no bairro Vila Bela, 46% estavam contaminados pelo protozoário causador da leishmaniose.

A doença é transmitida ao homem pela picada de mosquitos flebotomíneos, também chamados de mosquito palha.

De acordo com informações do site Coxim Agora, não há registros de casos em humanos neste ano, mas a presença da doença em cães é sinal de alerta para que a população adote medidas preventivas, como limpar os terrenos baldios e a não deixar matéria orgânica acumulada.

Para cães infectados, a preconização dos órgãos de saúde é a eutanásia, uma vez que embora o animal tratado não manifesta sintomas continue sendo hospedeiro.

Deixe seu Comentário

Leia Também

ENCONTRO DE GOVERNADORES
Em encontro de governadores com Bolsonaro, Reinaldo defende fronteira e reajuste da tabela SUS
VIOLENCIA DOMESTICA
Homem é esfaqueado por esposa que tem ciumes até da sombra
ENTROU ATIRANDO
VÍDEO: Pastor é baleado no altar durante o culto
TRAGEDIA
Ex-prefeito é morto pelo pai após ser confundido com assaltante
ACIDENTE DE TRANSITO
Caminhão passa por cima de veículos e explode em grave acidente
NOVELA GLOBAL
'O sétimo guardião': Marilda (Letícia Spiller) é flagrada nua e finge ser uma assombração
BNDS
“Se não abrir a caixa preta do BNDES, está fora!”, diz Bolsonaro sobre Levy
FAMOSIDADES
Susana Vieira está com leucemia, mas a doença está controlado, diz assessoria
NOVELA GLOBAL
Marina Ruy Barbosa é a heroína de 'O sétimo guardião': 'Luz foge do tradicional'
CONSTRANGIMENTO
Claudia Leitte quebra silêncio e desabafa sobre polêmica com Silvio Santos