Menu
FARMÁCIA_CENTROFARMA_FULL
domingo, 20 de janeiro de 2019
LIMIT ACADEMIA
Busca
CANTINA BAH
Brasil

Em Coxim, 46% dos cães tem leishmaniose

1 Jul 2010 - 10h38Por Coxim Agora
Um levantamento feito pela Vigilância Sanitária do município de Coxim, a 260 quilômetros de Campo Grande, revelou um dado alarmante: de 344 cães examinados no bairro Vila Bela, 46% estavam contaminados pelo protozoário causador da leishmaniose.

A doença é transmitida ao homem pela picada de mosquitos flebotomíneos, também chamados de mosquito palha.

De acordo com informações do site Coxim Agora, não há registros de casos em humanos neste ano, mas a presença da doença em cães é sinal de alerta para que a população adote medidas preventivas, como limpar os terrenos baldios e a não deixar matéria orgânica acumulada.

Para cães infectados, a preconização dos órgãos de saúde é a eutanásia, uma vez que embora o animal tratado não manifesta sintomas continue sendo hospedeiro.

Deixe seu Comentário

Leia Também

PROBLEMAS MENTAIS
Casal é brutalmente agredido a enxadadas pelo filho
BARRADO
Filho do cantor Marciano diz ter sido impedido de ir no velório do pai
A COBRA VAI FUMAR - SEGURANÇA NO MS
MS fecha o cerco contra a violência na fronteira em mega operação
LUTO NA MÚSICA
Marcelo Yuka, fundador do Rappa morre aos 53 anos
ROTEIRO ESPECIAL PARA O RIO DE JANEIRO
Roteiro diferente para continuar conhecendo o Rio de Janeiro
DICA DE TURISMO E FÉRIAS
Dicas para curtir uma temporada em Arraial do Cabo
LUTO - ESPORTE
Morre Jackelyne da Silva, ginasta da seleção brasileira, aos 17 anos
LUTO NA MÚSICA
Cantor sertanejo Marciano morre aos 67 anos, vítima de enfarto
CARNAVAL É NO CAMPO BELO RESORT
Carnaval é no Campo Belo Resort, reserve já seu lugar nesse bloco - Confira os pacotes
MS EM ALERTA
Meteorologia alerta para a possibilidade de chuva forte no fim de semana no MS