SUCURI_MEGA
FatimaNews - Notícias de Fátima do Sul e região
Fátima do Sul, 21 de Janeiro de 2018
SADER_FULL
RIO_DOURADOS
4 de Setembro de 2013 07h47

Em Campo Grande, bebê "morto" volta a viver e surpreende médicos e família

Prematuro nasceu vivo e família foi avisada depois que ele tinha morrido e "ressuscitado"

Correio do Estado

Bebê prematuro de seis meses, que nasceu vivo anteontem à tarde, no Hospital Universitário (HU), em Campo Grande, foi tido como morto por cinco horas e ressuscitou. Ou seja, o menino, assim que saiu da barriga da mãe morreu uma vez e nasceu duas, numa delas já perto de o corpo ser levado para o necrotério, segundo informações da família. A reportagem está na edição de hoje (04) do jornal Correio do Estado.

Segundo a reportagem de Celso Bejarano, a criança em questão, nasceu com peso de 450 gramas e 25 centímetros de altura, tamanho de um palmo, metade do comprimento do bebê nascido numa gestação normal, de nove meses.

O menino ia se chamar Kauã Ismar, mas depois do episódio do ressuscitamento, o pai, o topógrafo Rafael dos Santos Dionízio, 22, mudou de ideia e prometeu registrar o filho com o nome de Kauã Lázaro. A intenção dele é fazer uma comparação àquela passagem bíblica em que Lázaro, amigo de Jesus Cristo, foi ressuscitado quatro dias depois de morrido.

“Ismar era uma homenagem a meu pai, agora, Lázaro, pelo milagre que aconteceu com meu filho”, disse ontem Rafael Dionízio, logo depois de ver o filho, internado no HU. 

A agente comunitária de saúde Azenith Sena, 44, tem três filhos e Kauã Lázaro é seu primeiro neto. Quando soube que a criança poderia não sobreviver, ela e o filho Rafael Dionízio, a nora e toda a família, evangélica, promoveram uma “corrente de oração” pela vida da criança.

Comentários
Veja Também
LISTINHA_ONLINE
Nossa_Lojas
pupa
Últimas Notícias
  
FÁBRICA_CALÇADOS
Eventos
dothCom © Copyright FatimaNews - Todos os Direitos Reservados.