Menu
SADER_FULL
sábado, 26 de maio de 2018
PASSARELA
Busca
DR. SHAPE
Brasil

Em Aquidauana secretários se afastam para campanha

19 Jul 2004 - 15h40
O Secretário Municipal de Administração, Planejamento e Fazenda da Prefeitura de Aquidauana Carlos Roberto de Marchi (Neno) confirmou a imprensa o afastamento do cargo.

Ele disse que está sendo exonerado da secretaria e que ficará ate o final de setembro na coordenação do setor de Infra-estrutura do candidato à reeleição, prefeito Felipe Orro, que concorre pelo PTB na coligação “Por Amor a Aquidauana” com PMDB/ PDT/ PTN/ PL/ PPS/ PFL/ PAN/ PSDC/ PMN/ PSB /PV/ PRP e PSDB.

Para ocupar o cargo de Secretário de Fazenda do Município, o prefeito Felipe Orro escolheu o atual Procurador Jurídico Wezer Rodrigues. O novo secretário vai acumular a função pelos próximos três meses.

Quem também está deixando a função de assessor de finanças da Secretaria de Fazenda e responsaverl pelo setor de compras da municipalidade é o servidor Carlos Salamene. Ele deve ser substituido pelo atual tesoureiro da Câmara Municipal de Aquidauana Nelson Estadulho.
 
Aquidauna Reporter

Deixe seu Comentário

Leia Também

NOVELA GLOBAL
'Segundo sol': Laureta transa com Ícaro e fica encantada
FÁTIMA DO SUL - FOTO DO DIA
FOTO DO DIA: Carreata dos caminhoneiros vista de cima em Fátima do Sul
FÁTIMA DO SUL - GREVE JÁ PREOCUPA
Situação já preocupa o setor alimentício 'Acendemos a luz vermelha', diz empresário em Fátima do Sul
FÁTIMA DO SUL - BUZINAÇO NA AVENIDA
Ao som do Hino Nacional, população e caminhoneiros fazem 'buzinaço' em Fátima do Sul
AGORA - DECISÃO DO PRESIDENTE
#AGORA: Temer aciona Exército 'forças federais' para desbloquear estradas
FÁTIMA DO SUL - CARREATA DOS CAMINHONEIROS
Caminhoneiros preparam carreata e conclamam o comércio para que fechem as portas em Fátima do Sul
COPA DO MUNDO
Dias de jogos do Brasil na Copa do Mundo não serão feriado
FÁTIMA DO SUL - PROTESTOS CONTINUAM
Bloqueios continuam e caminhoneiros convocam população para 'Parar Fátima do Sul'
VANDALISMO NÃO!
Caminhão é incendiado por manifestantes durante protesto contra aumento de combustível
TRABALHO ESCRAVO
Ministério do Trabalho resgata 15 trabalhadores de situação degradante