Menu
FARMÁCIA_CENTROFARMA_FULL
domingo, 17 de fevereiro de 2019
SADER_FULL
Busca
CANTINA BAH
Brasil

Em agosto MS teve saldo de 1.948 empregos formais

17 Set 2010 - 14h14Por Conjuntura Online

Mato Grosso do Sul gerou 1.948 empregos formais no mês de agosto, segundo dados do Caged (Cadastro Geral de Empregados e Desempregados) do MTE (Ministério do Trabalho e Emprego).

 De acordo com balanço mensal, o índice do oitavo mês de 2010 corresponde a um acréscimo de 0,48% no número de empregos em relação ao mês de julho.

Conforme o Caged de agosto, os setores da Indústria da Transformação e o de Comércio foram os maiores responsáveis pelo crescimento de trabalhadores contratados no Estado.

O levantamento mostra que na indústria da transformação foram contratados 782 trabalhadores formais e no setor do comércio foram 665 vagas criadas e mantidas.

O terceiro setor com maior índice de contratações foi o de Serviços, com 663 postos. Em seguida a lista apresenta a Construção Civil com 442 postos.

O bom resultado nestes setores supera para Mato Grosso do Sul a queda de vagas celetistas mantidas no setor da Agropecuária, que registrou déficit -654 empregos em agosto.

Em oito meses 23.856 pessoas foram contratadas no mercado formal sul-mato-grossense, um crescimento de 6,16%. Em termos absolutos, este é o segundo melhor mês de agosto em toda a série histórica do Caged.

Deixe seu Comentário

Leia Também

OUTROS 10 ESTADOS
Horário de verão termina à meia-noite; relógios devem ser atrasados em 1h
BARBÁRIE
Rosane Santiago Silveira, torturada e morta em sua própria casa
CARRO DE APLICATIVO
Mulher é estuprada após aceitar água e bala em carro de app
VIOLENCIA DOMESTICA
Enquanto Lírio Parisotto era condenado, Luiza Brunet discutia campanha contra violência doméstica
CANALHA
Criança de 4 anos é estuprada no próprio aniversário
HORARIO DE VERÃO
Atrase seu relógio! Horário de verão termina neste sábado(16)
CARCERE PRIVADO
Mulher é chicoteada com fio elétrico pelo marido
TRAGÉDIA NA FAMILIA
Lutador de MMA mata ex de 16 anos, tenta suicídio e morre horas depois em hospital
VIOLENCIA NO RIO
Menina de 11 anos é baleada e morta em Triagem; moradores protestam
DOENÇA GRAVE
Leiliane ganha acompanhamento médico após desastre com Boechat