Menu
SADER_FULL
quarta, 19 de junho de 2019
FARMÁCIA_CENTROFARMA_FULL
Busca
AGÊNCIA BONITO THIAGO
Justiça Eleitoral

Eleito em julho, prefeito de Figueirão é cassado pela Justiça Eleitoral

Justiça Eleitoral cassou os diplomas do prefeito de Figueirão, Neilo Souza da Cunha (PMDB), e do vice Rogério Rodrigues Rosalin (PMDB).

17 Set 2013 - 08h39Por Campo Grande News

A Justiça Eleitoral cassou os diplomas do prefeito de Figueirão, Neilo Souza da Cunha (PMDB), e do vice Rogério Rodrigues Rosalin (PMDB). O juiz da 38ª Zona Eleitoral, Walter Arthur Alge Netto, determinou que eles fossem afastados e que o comando da Prefeitura seja assumido pelo presidente da Câmara Municipal.

A decisão foi a partir de denúncia do Ministério Público Eleitoral sobre compra de voto. O magistrado também fixou multa de R$ 45 mil para Cunha e Rosalin. “O valor da multa pecuniária fora fixado com fundamento na quantidade de envolvidos, no número de fatos demonstrados e na mínima diferença de votos entre os candidatos (13 votos)”, afirma na sentença.

Caso a decisão seja mantida após os recursos, o município, com 2.997 habitantes, pode ter a terceira eleição. No pleito de outubro de 2012, foi reeleito Getulio Furtado Barbosa (PMDB). Cassado, houve nova eleição em julho.

Neilo Souza da Cunha obteve 50,31% dos votos válidos (1.058). O candidato adversário, Juvenal Consolaro (PTB), ficou com 49,69% dos votos (1.045). A diferença entre os concorrentes foi mínima: 13 votos.

Durante o período da nova eleição, a Prefeitura foi assumida pelo vereador Milton Alves Pereira (PMDB), que deve retornar ao comando do Poder Executivo. É convocada nova eleição quando o candidato tem mais de 50% dos votos.

Deixe seu Comentário

Leia Também

ATAQUE CANINO
Criança de dois anos é morta no quintal de casa por cachorro rottweiler
INFANTICIDIO
Padrasto teria sentado em cima da cabeça de bebê que morreu,foi espancado na cadeia
SOB INVESTIGAÇÃO
Jornalista do site Lei Seca Maricá foi assassinado com 3 tiros
VIDA SEDENTARIA
OMS alerta: Criança menor de 3 anos não deve ficar nem um minuto em tablet ou celular
HOMICIDIO X SUICIDIO
Pai que matou o filho de 4 anos e se matou não se conformava com namoro da ex-mulher
DOENÇA DO SÉCULO
Jovem de 19 anos, com depressão comete suicídio e comove amigos
ASSASSINATO CRUEL
O massacre do menino Rhuan e o silêncio da grande mídia
FAMOSIDADES
Homem discute com mulher e mata bebê de quatro meses
SOLIDARIEDADE
Bebê nasce sem os olhos e mobiliza cidade do Paraná
TRAGÉDIA NA FAMILIA
Pai mata filho de quatro anos e se mata por não aceitar fim do relacionamento