Menu
SADER_FULL
terça, 19 de fevereiro de 2019
LIMIT ACADEMIA
Busca
ITALÍNEA
Justiça Eleitoral

Eleito em julho, prefeito de Figueirão é cassado pela Justiça Eleitoral

Justiça Eleitoral cassou os diplomas do prefeito de Figueirão, Neilo Souza da Cunha (PMDB), e do vice Rogério Rodrigues Rosalin (PMDB).

17 Set 2013 - 08h39Por Campo Grande News

A Justiça Eleitoral cassou os diplomas do prefeito de Figueirão, Neilo Souza da Cunha (PMDB), e do vice Rogério Rodrigues Rosalin (PMDB). O juiz da 38ª Zona Eleitoral, Walter Arthur Alge Netto, determinou que eles fossem afastados e que o comando da Prefeitura seja assumido pelo presidente da Câmara Municipal.

A decisão foi a partir de denúncia do Ministério Público Eleitoral sobre compra de voto. O magistrado também fixou multa de R$ 45 mil para Cunha e Rosalin. “O valor da multa pecuniária fora fixado com fundamento na quantidade de envolvidos, no número de fatos demonstrados e na mínima diferença de votos entre os candidatos (13 votos)”, afirma na sentença.

Caso a decisão seja mantida após os recursos, o município, com 2.997 habitantes, pode ter a terceira eleição. No pleito de outubro de 2012, foi reeleito Getulio Furtado Barbosa (PMDB). Cassado, houve nova eleição em julho.

Neilo Souza da Cunha obteve 50,31% dos votos válidos (1.058). O candidato adversário, Juvenal Consolaro (PTB), ficou com 49,69% dos votos (1.045). A diferença entre os concorrentes foi mínima: 13 votos.

Durante o período da nova eleição, a Prefeitura foi assumida pelo vereador Milton Alves Pereira (PMDB), que deve retornar ao comando do Poder Executivo. É convocada nova eleição quando o candidato tem mais de 50% dos votos.

Deixe seu Comentário

Leia Também

SUPERAÇÃO
Jovem que morou 5 anos nas ruas se forma em Direito
FENÔMENO
Maior superlua de 2019 iluminará o céu nesta terça, 19
FAMOSIDADES
Padre sertanejo acusado de ostentação cobra entrada de idosos para assistir programa
ACIDENTE FATAL
Adolescente é atropelada quando levava pai em cadeira de rodas, veja o vídeo
VIOLENCIA DOMESTICA
'Não consigo reconhecê-la', diz irmão de mulher espancada no 1° encontro
O REI ROBERTO CARLOS
Roberto Carlos vestiu rosa e se mostrou contrário a projeto de Jair Bolsonaro
BRIGA NO PLANALTO
Magoado e traído, Bebianno não vai poupar filho de Bolsonaro
TRÁGICO
Mãe do piloto de Ricardo Boechat morre três dias após o filho
OUTROS 10 ESTADOS
Horário de verão termina à meia-noite; relógios devem ser atrasados em 1h
BARBÁRIE
Rosane Santiago Silveira, torturada e morta em sua própria casa