Menu
LIMIT ACADEMIA
sexta, 18 de janeiro de 2019
FARMÁCIA_CENTROFARMA_FULL
Busca
ITALÍNEA
Brasil

Eleições em MS custarão R$ 5,6 milhões ao TRE

17 Set 2004 - 08h54
As eleições para prefeito, vice-prefeito e vereadores nos 78 municípios de Mato Grosso do Sul, incluindo Figueirão, vão custar ao Tribunal Regional Eleitoral (TRE) R$ 5.661.675,00. O orçamento inclui gastos com custeio, manutenção de prédios, equipamentos e máquinas, pagamentos de funcionários, alimentação, transporte, logística, computadores e materiais como papel e caneta. A previsão inicial de gastos era de 4.909.175,00. No início deste ano, porém, o Tribunal Superior Eleitoral (TSE) autorizou suplementação de R$ 440 mil para o TRE de Mato Grosso do Sul destinar aos gastos com pessoal.
 
Em sessão extraordinária realizada ontem, o Congresso Nacional aprovou projeto de lei que abre crédito suplementar no valor de R$ 30,3 milhões em favor da Justiça Eleitoral. Os recursos serão utilizados pelo TSE para atender a despesas com infra-estrutura e logística das eleições municipais de outubro, especialmente com providências de fiscalização e segurança do pleito.

 

 

A matéria completa você encontra no jornal Correio do Estado


Deixe seu Comentário

Leia Também

CARNAVAL É NO CAMPO BELO RESORT
Carnaval é no Campo Belo Resort, reserve já seu lugar nesse bloco - Confira os pacotes
MS EM ALERTA
Meteorologia alerta para a possibilidade de chuva forte no fim de semana no MS
DECEPCIONADA
Regina Duarte surpreende e se posiciona contra atitude de Bolsonaro
SATÂNICO
Mulheres são presas acusadas de torturar criança de apenas dois anos que teve rosto desfigurado
INSPIRAÇÃO
Idoso se forma em Direito aos 94 anos, após morte da esposa
POLEMICA
Movimento Gay quer tirar Bíblia de circulação no Brasil, diz Damares
TRAGÉDIA NA FAMILIA
Homem atira em esposa e se mata com granada
SUPERAÇÃO
Pedreiro cadeirante enfrenta difilculdades e sustenta a família trabalhando em obras
GASES MORTAIS
Homem morre após segurar peidos na casa da namorada
REALITY SHOW
'BBB 19': Danrley diz ser virgem, e irmã brinca: 'Nem no signo'