MEGA_OKA_CARROS_
FatimaNews - Notícias de Fátima do Sul e região
Fátima do Sul, 21 de Outubro de 2017
DELPHOS_FULL
30 de Novembro de 2004 09h23

Eleição provoca impasse e violência em aldeia de Amambai

 

A eleição para capitão da Aldeia Limão Verde, na rodovia MS-156, em Amambai, tem provocado impasse e violência entre os indígenas. No último fim de semana a índia Caldicéia Nunes, de 44 anos, e o marido dela, Italiano Vasques, de 40 anos, foram espancados. O motivo é a disputa para a escolha do capitão na aldeia.

No dia 16 deste mês, ocorreu a eleição na reserva indígena e o atual capitão, Adolfinho Neto, que está há 24 anos no poder, foi reeleito com poucos votos de diferença sobre o adversário, Mauro Barbosa. A eleição foi acompanhada pela Funai (Fundação Nacional do Índio). Porém, o grupo perdedor nas urnas não reconheceu a vitória do atual capitão e alegou que Adolfinho fraudou o processo eleitoral ao trazer indígenas de outras aldeias para a votação.

Há uma semana um indígena foi ferido a faca, segundo a Polícia Militar de Amambai, devido ao impasse da escolha de capitão. Em represália, um grupo ligado a Mauro Barbosa teria matado a golpes de foice um cavalo pertencente a um co-partidário de Adolfinho. O grupo negou ter matado o cavalo e disse que o animal teria morrido após ser atropelado por um caminhão na rodovia que corta a aldeia.

Ontem pela manhã, um grupo de indígenas ligados a Mauro Barbosa esteve na sede regional da Funai em Amambai para pressionar o diretor-regional do órgão para buscar uma saída para o impasse na aldeia. Com informações do Cone Sul News.

Comentários
Veja Também
Nossa_Lojas
HERBALIFE_300
FÁBRICA_CALÇADOS
Últimas Notícias
  
BANNER_LATERAL_ASSOMASUL
Eventos
dothCom © Copyright FatimaNews - Todos os Direitos Reservados.