Menu
FARMÁCIA_CENTROFARMA_FULL
terça, 20 de novembro de 2018
SADER_FULL
Busca
SICREDI_FATIMA
Brasil

Educação no campo será tema de conferência nacional

2 Ago 2004 - 13h49
Mais de dois mil educadores do campo de redes municipais de ensino de todo o País estão sendo esperados, a partir de hoje, em Luziânia, Goiás, para a II Conferência Nacional por uma Educação do Campo.
O presidente da Comissão de Educação e Cultura, que promove o evento, deputado Carlos Abicalil (PT-MG), informou que a Conferência vai fazer um levantamento das atividades desenvolvidas até hoje, depois da aprovação, em 2001, da resolução do Conselho Nacional de Educação. A resolução, elaborada na primeira conferência, em 1998, instituiu as Diretrizes Operacionais para a Educação Básica nas Escolas do Campo. "Ao avaliar essa experiência, a Conferência também vai fornecer os indicadores que visarão contribuir em duas direções. Na primeira, a revisão que a Câmara fará ainda neste ano, por dever legal, no Plano Nacional de Educação, que é um plano de duração de dez anos e, neste quarto ano, deverá ter apontadas as medidas de sua reparação. Na segunda direção, o evento deverá apontar políticas nas redes públicas de ensino para consolidar a escola do campo com suas especificidades", explicou Abicalil.

Oferta de ensino
O deputado informou que, na primeira conferência, foi mudada a concepção de educação rural para educação do campo, o que contribuiu para aumentar a oferta de ensino. "Em geral, eram escolas desprovidas de equipamento e de profissionais qualificados e, inclusive, não atendiam à expansão dos assentamentos e outras fronteiras agrícolas abertas no País. A partir de 2001, se muda essa concepção e se passa a tratar de uma educação específica do campo, tendo em vista a vocação própria das populações, a diferenciação de uma ou outra área de oferta de educação no campo. Portanto, o campo não é igual no Brasil inteiro", conclui o parlamentar.
Carlos Abicalil destacou ainda que houve um avanço significativo na escolaridade básica de crianças e adolescentes, mas o maior número de adultos analfabetos ainda está concentrado no campo.

A II Conferência Nacional por uma Educação do Campo termina no dia 6 de agosto. O encerramento será no auditório Petrônio Portela do Senado Federal.
 
 
Agência Câmara

Deixe seu Comentário

Leia Também

TRAGÉDIA NA FAMILIA
Homem que matou filho para defender a nora comete suicídio
INJUSTIÇA
Familiares prestam homenagem a laçador de cães que morreu após ser hostilizado
FORAGIDO
Mulher é morta a facadas pelo ex-marido, que não aceitava fim de relacionamento
NOVELA GLOBAL
'O sétimo guardião': Valentina conta a Egídio que Gabriel é filho dele
CRUELDADE
Idosa de 106 anos é assassinada a pauladas no Maranhão
NOVO GOVERNO
Desistência de general para ministério leva crise ao QG de Bolsonaro
ASSASSINATO
Câmeras flagram dupla efetuando mais de 30 tiros contra homem; veja o vídeo
TRISTEZA
Menino de 10 anos comete suicídio após a prisão do pai
MALDADE
Câmera de segurança flagra homem colocando fogo em casinha comunitária para cachorros
FATIMASSULENSES EM UBATUBA (SP)
Fatimassulenses, alunos do Vicente Pallotti fazem curso de biodiversidade marinha em Ubatuba (SP)