TASS_MOTORS
FatimaNews - Notícias de Fátima do Sul e região
Fátima do Sul, 14 de Dezembro de 2017
RIO_DOURADOS
DELPHOS_FULL
2 de Agosto de 2004 13h49

Educação no campo será tema de conferência nacional

Mais de dois mil educadores do campo de redes municipais de ensino de todo o País estão sendo esperados, a partir de hoje, em Luziânia, Goiás, para a II Conferência Nacional por uma Educação do Campo.
O presidente da Comissão de Educação e Cultura, que promove o evento, deputado Carlos Abicalil (PT-MG), informou que a Conferência vai fazer um levantamento das atividades desenvolvidas até hoje, depois da aprovação, em 2001, da resolução do Conselho Nacional de Educação. A resolução, elaborada na primeira conferência, em 1998, instituiu as Diretrizes Operacionais para a Educação Básica nas Escolas do Campo. "Ao avaliar essa experiência, a Conferência também vai fornecer os indicadores que visarão contribuir em duas direções. Na primeira, a revisão que a Câmara fará ainda neste ano, por dever legal, no Plano Nacional de Educação, que é um plano de duração de dez anos e, neste quarto ano, deverá ter apontadas as medidas de sua reparação. Na segunda direção, o evento deverá apontar políticas nas redes públicas de ensino para consolidar a escola do campo com suas especificidades", explicou Abicalil.

Oferta de ensino
O deputado informou que, na primeira conferência, foi mudada a concepção de educação rural para educação do campo, o que contribuiu para aumentar a oferta de ensino. "Em geral, eram escolas desprovidas de equipamento e de profissionais qualificados e, inclusive, não atendiam à expansão dos assentamentos e outras fronteiras agrícolas abertas no País. A partir de 2001, se muda essa concepção e se passa a tratar de uma educação específica do campo, tendo em vista a vocação própria das populações, a diferenciação de uma ou outra área de oferta de educação no campo. Portanto, o campo não é igual no Brasil inteiro", conclui o parlamentar.
Carlos Abicalil destacou ainda que houve um avanço significativo na escolaridade básica de crianças e adolescentes, mas o maior número de adultos analfabetos ainda está concentrado no campo.

A II Conferência Nacional por uma Educação do Campo termina no dia 6 de agosto. O encerramento será no auditório Petrônio Portela do Senado Federal.
 
 
Agência Câmara
Comentários
Veja Também
LISTINHA_ONLINE
LOJA_02
MBO_SEGURANÇA_300
Últimas Notícias
  
SADER_LATERAL
Eventos
dothCom © Copyright FatimaNews - Todos os Direitos Reservados.