Menu
SADER_FULL
terça, 21 de janeiro de 2020
FARMÁCIA_CENTROFARMA_FULL
Busca
BANNER BET
Brasil

Educação no campo será tema de conferência nacional

2 Ago 2004 - 13h49
Mais de dois mil educadores do campo de redes municipais de ensino de todo o País estão sendo esperados, a partir de hoje, em Luziânia, Goiás, para a II Conferência Nacional por uma Educação do Campo.
O presidente da Comissão de Educação e Cultura, que promove o evento, deputado Carlos Abicalil (PT-MG), informou que a Conferência vai fazer um levantamento das atividades desenvolvidas até hoje, depois da aprovação, em 2001, da resolução do Conselho Nacional de Educação. A resolução, elaborada na primeira conferência, em 1998, instituiu as Diretrizes Operacionais para a Educação Básica nas Escolas do Campo. "Ao avaliar essa experiência, a Conferência também vai fornecer os indicadores que visarão contribuir em duas direções. Na primeira, a revisão que a Câmara fará ainda neste ano, por dever legal, no Plano Nacional de Educação, que é um plano de duração de dez anos e, neste quarto ano, deverá ter apontadas as medidas de sua reparação. Na segunda direção, o evento deverá apontar políticas nas redes públicas de ensino para consolidar a escola do campo com suas especificidades", explicou Abicalil.

Oferta de ensino
O deputado informou que, na primeira conferência, foi mudada a concepção de educação rural para educação do campo, o que contribuiu para aumentar a oferta de ensino. "Em geral, eram escolas desprovidas de equipamento e de profissionais qualificados e, inclusive, não atendiam à expansão dos assentamentos e outras fronteiras agrícolas abertas no País. A partir de 2001, se muda essa concepção e se passa a tratar de uma educação específica do campo, tendo em vista a vocação própria das populações, a diferenciação de uma ou outra área de oferta de educação no campo. Portanto, o campo não é igual no Brasil inteiro", conclui o parlamentar.
Carlos Abicalil destacou ainda que houve um avanço significativo na escolaridade básica de crianças e adolescentes, mas o maior número de adultos analfabetos ainda está concentrado no campo.

A II Conferência Nacional por uma Educação do Campo termina no dia 6 de agosto. O encerramento será no auditório Petrônio Portela do Senado Federal.
 
 
Agência Câmara

Deixe seu Comentário

Leia Também

BORA PRA BONITO - MS
Passeios em Bonito tem até 60% de desconto para sul-mato-grossenses
TRAGÉDIA NA FAMILIA
Trágico acidente mata família que seguia para curtir as férias na praia
LUTO NA MÚSICA
Cantor sofre infarto, fã tenta reanimá-lo, mas ele morre no palco
MEDIDAS DRÁSTICAS
Morador que possuir foco de dengue em casa será multado na hora
ACIDENTE FATAL
Idosa de 79 anos morre após ser atropelada por motocicleta em MS
TRAGÉDIA NAS ESTRADAS
Youtuber e peão de rodeio morrem após carro bater em carreta com toras
REALITY SHOW 2020
'BBB 20': conheça os participantes do programa; lista tem famosos da internet
FUJA DO PREJUIZO
Saiba como renegociar planos de celular, TV a cabo e internet
NOVA ANDRADINA - TURISMO
Ciclistas de Nova Andradina pedalam mais de 750 km para chegar ao litoral catarinense
FÉRIAS DOS FAMOSOS
De biquíni, filha de Glória Pires ostenta corpão em férias