Menu
SADER_FULL
sexta, 17 de janeiro de 2020
FARMÁCIA_CENTROFARMA_FULL
Busca
BANNER BET
Brasil

Educação de Jateí quer alunos conhecendo o Legislativo

10 Abr 2007 - 10h16

O secretário municipal de educação de Jateí, professor João Paulo Lacerda, por determinação do prefeito Eraldo Jorge Leite (PSDB), manteve conversa com o presidente do legislativo de Jateí, vereador Carlos Alberto Jorge Leite, na semana passada, com a finalidade de colocar em prática mais um projeto da pasta. O conteúdo da conversa, conforme disse o secretário, foi a possibilidade de os alunos dos anos finais do ensino fundamental da escola municipal rural, visitarem o poder legislativo do município e conhecerem o funcionamento do mesmo, além das atribuições e responsabilidades inerentes ao vereador.

 

A idéia partiu do próprio secretário que entendeu que os alunos em formação escolar devem saber o que é, como funciona a câmara, e qual o papel do vereador na sociedade. O presidente do legislativo aprovou a iniciativa e colocou-se a disposição para o desenvolvimento do projeto, que deverá ter a participação de todos os vereadores da atual legislatura, além de assessores do legislativo.

 

Pelo projeto, os alunos da escola rural “Jovelino Celestino dos Santos”, no assentamento, especificamente os matriculados nos anos finais do ensino fundamental, farão uma visita à câmara de vereadores, sendo recepcionados pelo presidente e demais vereadores. Na ocasião, conhecerão as dependências físicas do prédio e como funciona o poder. No mesmo dia, terão palestras proferidas pelos próprios vereadores sobre como se desenvolve uma sessão, e quais são os deveres, obrigações, atribuições, direitos e prerrogativas do vereador do município, com enfoque na relação entre os poderes legislativo e executivo.

 

Segundo João Paulo, é necessário que os alunos entendam desde cedo, quais são as verdadeiras atribuições do vereador, para que a partir do momento que começarem a exercer o poder de voto, possam escolher bem os membros da edilidade, cobrando trabalho. “Queremos formar cidadãos participativos da vida social”, disse Lacerda.

 

Na primeira fase do projeto, conforme disse o secretário, serão abrangidos somente os alunos dos anos finais do ensino fundamental da escola municipal rural, mas, que posteriormente, dependendo do desenrolar das atividades, o projeto será estendido aos demais alunos da unidade escolar e das escolas estaduais da sede e do distrito.

 

 A comunidade escolar das unidades municipais de ensino já desenvolve os projetos de educação ambiental e devem ter início ainda no próximo mês, o projeto de resgate da história nas escolas, tanto da rede municipal como estadual.

 

 

 

 

Fátima News

Deixe seu Comentário

Leia Também

CANCELAMENTO DE BOLSA FAMILIA EM 2019
Governo federal cancelou 1,3 milhão de benefícios do Bolsa Família em 2019 por irregularidades
CELULAR
Brasil é o 3º país em que pessoas passam mais tempo em aplicativos
A CASA CAIU
Mulher acha que marido morreu, busca detetive e descobre traição: 'Agora é ex'
LUTO - IASD
Morre primeiro líder máster de desbravadores investido no Brasil
OVNI OU SATÉLITE?
Objetos não identificados no céu chamam a atenção de moradores
SANGUE FRIO
Homem mata desafeto e continua vendendo picolé nas ruas da cidade
PERIGO DA NARGUILÉ
Jovem contrai doença após fumar narguilé e alerta: 'Abandonem essa porcaria'
100 CULTURA
Escola joga pela janela livros que recebeu como doação
EMPREGADO
Jovem que salvou criança de ataque de pitbull consegue emprego
DINHEIRO NA PRAÇA
Começa hoje o pagamento de abono salarial do PIS-Pasep