Menu
SADER_FULL
domingo, 22 de julho de 2018
PASSARELA
Busca
ITALÍNEA
Brasil

Edílson vai jogar em time da Arábia Saudita

30 Dez 2004 - 13h50

O atacante pentacampeão mundial Edílson tinha proposta da equipe onde atua seu amigo Vampeta no Kuwait, mas um clube da Arábia Saudita chegou primeiro e fez uma oferta maior, que acabou sendo aceita pelo jogador.

O atacante já acertou contrato e embarcou na quarta-feira para o Oriente Médio. A oferta foi tão alta que o jogador abriu mão de passar a festa de Ano Novo em Salvador.

Ele negociava ainda com dois clubes brasileiros, o Cruzeiro e o Bahia, que chegaram a lhe oferecer R$ 120 mil de salário mensal, mais luvas, pela transferência. O Bahia dependia apenas de um patrocinador que bancasse metade do seu salário, pois os outros 50% já estavam acertados com uma empresa.

O contrato do atacante com o clube árabe é de seis meses. Edílson embarcou sem a família, que só viajará no dia 14 de janeiro, quando já estiver definida sua situação de moradia para ele e os parentes. Os detalhes financeiros do contrato não foram divulgados.

 

Terra Redação

Deixe seu Comentário

Leia Também

OPERAÇÃO POLICIA FEDERAL
Prisões de Puccineli e filho são destaques em jornais nacionais
OSTENTAÇÃO
Cavalo que vale mais que uma Ferrari é destaque em exposição
CAMPO BELO RESORT - PROMOÇÃO
Campo Belo Resort com promoção especial de 22 a 31 de julho, CONFIRA
NOVELA GLOBAL
Em 'Segundo sol', Karola descobre o paradeiro de Luzia e chantageia a DJ: Beto ou cadeia?
ACIDENTE FATAL NO BEACH PARK
Acidente no Beach Park, veja como é o brinquedo 'Vainkará' que matou turista
FÁTIMA DO SUL - O BOTICÁRIO
Fátima do Sul: O Boticário lança linha de cuidados masculinos e mostra que homens também se cuidam
ACIDENTES NAS ESTRADAS
Acidente grave: nove caminhões e um morto na BR-376
POLEMICA
Transexual é retirada algemada de banheiro público feminino em Araruama
NOVELA GLOBAL
'Segundo sol': Remy agarra Luzia e Ícaro salva a mãe de ser estuprada
TURISMO PELO BRASIL E MUNDO
Indústria de Hotéis aguarda aprovação dos jogos para captar bilhões em produtos turísticos