Menu
SADER_FULL
segunda, 21 de janeiro de 2019
LIMIT ACADEMIA
Busca
ITALÍNEA
Brasil

Dunga lamenta, mas alfineta dispensados Ronaldinho e Kaká

30 Mai 2007 - 14h24

O técnico da Seleção Brasileira, Dunga, lamentou nesta quarta-feira a ausência dos meia-atacantes Ronaldinho e Kaká para a disputa da Copa América, no fim de junho, na Venezuela. O treinador, que convocou os dois para os amistosos contra Inglaterra e Turquia, não deixou, porém, de fazer uma pequena crítica a ambos.

"Eu gostaria, assim como o público brasileiro gostaria, que todas as estrelas entrassem em campo para jogar essa competição", disse Dunga em Londres nesta quarta-feira, dia no qual a Seleção desembarcou para os amistosos na Europa.

O ex-volante, no entanto, mostrou irritação ao comentar sobre o pedido de dispensa feito por carta a ambos. O treinador evitou dar uma resposta pela imprensa, dizendo que deve conversar sobre o assunto com os jogadores, e não com intermediários.

Dunga teria perguntado aos atletas, no último amistoso da Seleção, quem estaria disposto a jogar ou não a Copa América. Ninguém teria se manifestado negativamente na ocasião.

"O jogador que encanta a todos e que atua na Seleção é o Ronaldinho, então, eu tenho que falar com ele. Me interessa pouco a opinião de empresário ou dos parentes. O irmão do Ronaldinho não é o Ronaldinho. O que faz a diferença são os jogadores", disse.

"Não posso me comunicar através de vocês (jornalistas). Tenho que esperar os jogadores chegarem até mim, que é muito mais sensato, verdadeiro", complementou.

Apesar do pedido de dispensa dos dois astros, Dunga deu a entender que ambos devem voltar a ser convocados normalmente depois da Copa América.

"Acredito que os melhores têm de jogar na Seleção, e o Kaká, pelo que tenho visto, pode ser eleito o melhor neste ano, e o Ronaldinho também, por isso eles estão aqui", respondeu o técnico do Brasil, justificando a convocação para os amistosos contra Inglaterra e Turquia.

 

 

 

Terra

Deixe seu Comentário

Leia Também

MORTE A ESCLARECER
Exército investiga morte de sargento após teste de aptidão física
CASO DE POLÍCIA
Rapaz morre em pátio de motel
MINISTRA DO MS NO GOVERNO BOLSONARO
Ministra Tereza Cristina garante fortalecer cadeia do leite e agricultura familiar
PROBLEMAS MENTAIS
Casal é brutalmente agredido a enxadadas pelo filho
BARRADO
Filho do cantor Marciano diz ter sido impedido de ir no velório do pai
A COBRA VAI FUMAR - SEGURANÇA NO MS
MS fecha o cerco contra a violência na fronteira em mega operação
LUTO NA MÚSICA
Marcelo Yuka, fundador do Rappa morre aos 53 anos
ROTEIRO ESPECIAL PARA O RIO DE JANEIRO
Roteiro diferente para continuar conhecendo o Rio de Janeiro
DICA DE TURISMO E FÉRIAS
Dicas para curtir uma temporada em Arraial do Cabo
LUTO - ESPORTE
Morre Jackelyne da Silva, ginasta da seleção brasileira, aos 17 anos