Menu
FARMÁCIA_CENTROFARMA_FULL
domingo, 9 de dezembro de 2018
SADER_FULL
Busca
CANTINA BAH
Brasil

Dourados entrega materiais esportivos do Mais Educação

21 Ago 2010 - 06h19Por

O município de Dourados começou a distribuir os kits esportivos às escolas da Reme (Rede Municipal de Ensino) que oferecem aulas de judô e karatê aos alunos do Programa Mais Educação – ensino em período integral.

Nesta quinta-feira, o repasse foi feito à Escola Laudemira Coutinho de Melo, no Jardim Santa Maria, durante ato com a participação de estudantes, pais, professores e do secretário de Educação, Edmilson Morais.

Adquiridos com recursos federais provenientes do MEC (Ministério da Educação) em parceria com as prefeituras, os materiais estão sendo distribuídos nas unidades educacionais incluídas no projeto e que optaram por essas duas modalidades esportivas.

Em Dourados além da Laudemira Coutinho, mais três escolas com aulas de judô e karatê aos alunos do Mais Educação devem receber os kits, conforme explicou o coordenador do programa no município, Espedito Saraiva Monteiro.

Nesta primeira remessa foram distribuídos 120 kits contendo quimonos e faixas para os alunos da escola do Jardim Santa Maria, além do tatame repassado à escola.

Segundo o acadêmico de educação física Marcos da Silva, que acompanha os alunos como monitor do projeto na área esportiva, o material vai ajudar e muito nas aulas.

“Isso agora vai servir de incentivo para eles continuarem se dedicando ao esporte e também aos estudos. Não adianta ser um bom atleta se não for um bom aluno”, explicou Marcos.

Segundo ele, como esses estudantes são de famílias humildes não teriam condições de comprar o quimono usado nas aulas de karatê e judô, imprescindível para a prática das duas modalidades.

“Um quimono como este chega a custar em lojas de materiais esportivos em torno de R$ 90, um custo alto para estes pais que na maioria são assalariados e têm mais filhos na escola.

Mas agora, com esse repasse, as famílias não vão precisar arcar com este custo, sem contar que os alunos vão estar em condições inclusive de disputar competições”, destacou o monitor.

Leandro Kennedy dos Santos Moreira, 13, aluno da Escola Municipal Laudemira Coutinho de Melo, foi um dos que receberam a faixa e o quimono. Há três semanas treinando judô, pela primeira vez terá roupas adequadas para praticar o esporte.

“A gente usava short, camiseta, mas era difícil fazer alguns exercícios. Agora sim vamos poder fazer as aulas direitinho. Estou muito contente. Quero treinar mais e ser um campeão”, afirmou o menino.

Para o secretário de Educação, estes materiais esportivos vão ajudar as escolas beneficiadas com o Mais Educação a estruturar ainda mais o projeto.

Segundo Edmilson Morais, Dourados é hoje o município do Estado com o maior número de instituições de ensino incluídas no programa de educação em período integral.

A ampliação aconteceu este ano, por determinação do MEC, em razão do bom desempenho obtido pela cidade no desenvolvimento do projeto.

Ao todo são 17 escolas municipais oferecendo a educação em período integral, destinada a atender os alunos com baixo rendimento escolar ou em situação de distorção idade-série.

Além do letramento em português e matemática, são oferecidas atividades diferenciadas, prática esportiva, recreação, atividades culturais e reforço alimentar.

Deixe seu Comentário

Leia Também

VICENTINA - ALMOÇO NO PESQUEIRO
Pesqueiro 7 Bello serve delicioso almoço com pratos típicos do peixe neste domingo em VICENTINA
COVARDIA
Mulher agride menino autista em playground e vídeo viraliza
NOVELA GLOBAL
'O sétimo guardião': Nicolau descobre que Diana luta karatê e fica em choque
ACUMULOU
Ninguém acerta a mega-sena e prêmio acumula em R$ 30 milhões
VIOLENCIA
'Tiro, porrada e bomba': festa em universidade acaba em pancadaria e PM responde com violência
NOVELA GLOBAL
Gabriel confronta Valentina em “O Sétimo Guardião”
ARROCHO
Regra defendida por Bolsonaro tira R$ 1,1 mil por mês das novas aposentadorias
BARBÁRIE
Mulher é presa após atear fogo em cachorro
NOVELA GLOBAL
'O sétimo guardião': Feliciano foi muito rico e ajudou Valentina no passado
SE DEU MAL
Assaltante é morto após fazer idosa de 83 anos refém no Rio de Janeiro