Menu
FARMÁCIA_CENTROFARMA_FULL
domingo, 17 de fevereiro de 2019
LIMIT ACADEMIA
Busca
ITALÍNEA
Brasil

Dourados e Cassilândia terão R$ 2,45 mi para recuperar estragos

2 Set 2010 - 10h12Por Fátima News com assessoria

O Ministério da Integração Nacional publicou nesta quarta-feira (1/9) notas de empenho no valor de R$ 2,45 milhões para socorrer os municípios de Dourados e Cassilândia, atingidos pelas fortes chuvas no início do ano. O temporal causou estragos em várias cidades do Estado, alagou e destruiu ruas, pontes e sistemas de drenagem, destelhou casas e comprometeu a estrutura de escolas, creches e prédios públicos.

Os recursos foram viabilizados por meio de ações conjuntas do Governo do Estado com o deputado federal Waldemir Moka (PMDB), presidente da Comissão Mista de Orçamento do Congresso Nacional. De acordo com Moka, o dinheiro está garantido e deverá ser liberado o mais rápido possível, já que essas ações fazem parte de plano emergencial da Secretaria Nacional de Defesa Civil para socorrer regiões atingidas pelas chuvas.

Moka afirma que, do total assegurado pelo governo, R$ 1,45 milhão serão destinados para recuperação de casas atingidas pelas chuvas em Dourados. O outro R$ 1 milhão restante será usado pelo município de Cassilândia para recuperar ruas, pontes e executar outras obras de infraestrutura na região central e periferia da cidade.


Deixe seu Comentário

Leia Também

OUTROS 10 ESTADOS
Horário de verão termina à meia-noite; relógios devem ser atrasados em 1h
BARBÁRIE
Rosane Santiago Silveira, torturada e morta em sua própria casa
CARRO DE APLICATIVO
Mulher é estuprada após aceitar água e bala em carro de app
VIOLENCIA DOMESTICA
Enquanto Lírio Parisotto era condenado, Luiza Brunet discutia campanha contra violência doméstica
CANALHA
Criança de 4 anos é estuprada no próprio aniversário
HORARIO DE VERÃO
Atrase seu relógio! Horário de verão termina neste sábado(16)
CARCERE PRIVADO
Mulher é chicoteada com fio elétrico pelo marido
TRAGÉDIA NA FAMILIA
Lutador de MMA mata ex de 16 anos, tenta suicídio e morre horas depois em hospital
VIOLENCIA NO RIO
Menina de 11 anos é baleada e morta em Triagem; moradores protestam
DOENÇA GRAVE
Leiliane ganha acompanhamento médico após desastre com Boechat