Menu
LIMIT ACADEMIA
sábado, 19 de janeiro de 2019
SADER_FULL
Busca
CANTINA BAH
Brasil

Dólar segue otimismo das bolsas e fecha em queda

3 Jul 2007 - 17h44

O dólar fechou em queda nesta terça-feira, animado pelo desempenho favorável das bolsas de valores, em um dia de poucos negócios devido ao fechamento antecipado dos mercados norte-americanos.

As recentes quedas do dólar, porém, estimularam ajustes de posição que ajudaram a manter a taxa de câmbio praticamente estável no meio da sessão.

A moeda norte-americana encerrou cotada a R$ 1,911, com baixa de 0,26%.

No início da sessão, a divisa chegou a cair para R$ 1,908 com a alta das bolsas de valores em Wall Street. O mercado norte-americano manteve a valorização iniciada na véspera, impulsionado por notícias corporativas e indicadores favoráveis sobre a economia norte-americana.

O ritmo de negócios, porém, diminuiu à medida que se aproximava o fechamento antecipado do mercado norte-americano em razão do feriado do Dia da Independência, que será comemorado na quarta-feira nos Estados Unidos.

Em meio à calmaria, os investidores aproveitaram a baixa de 0,73% na véspera e realizaram ajustes de posição que mantiveram a cotação do dólar estável no meio do dia.

"(O dólar) veio com um dia forte de queda e (então) deu uma realizada", disse o operador de câmbio de uma corretora nacional, que pediu para não ser identificado.

José Roberto Carreira, gerente de câmbio da corretora Novação, disse que a própria proximidade do feriado nos Estados Unidos favoreceu os ajustes, já que diminuiu a disposição dos investidores em negociar em um ambiente de menor liquidez.

"O pessoal não quer ficar muito exposto, fica com receio e acaba não fazendo nada. Hoje à tarde está bastante fraco", afirmou.

O desempenho positivo da Bolsa de Valores de São Paulo (Bovespa), porém, fez o dólar retomar a trajetória de queda na última meia hora de pregão. A bolsa paulista, que também refletia a alta nos Estados Unidos, era puxada pelas ações da Petrobras, maior componente do Ibovespa.

"A bolsa está subindo (cerca de) 0,4%, automaticamente o dólar é para baixo", disse Carreira, pouco antes do fechamento do mercado de câmbio.

Na última hora de pregão, o Banco Central voltou a realizar um leilão de compra de dólares no mercado à vista. Na operação, a autoridade monetária definiu corte a R$ 1,9151 e, segundo operadores, aceitou pelo menos sete propostas.

 

Invertia

Deixe seu Comentário

Leia Também

A COBRA VAI FUMAR - SEGURANÇA NO MS
MS fecha o cerco contra a violência na fronteira em mega operação
LUTO NA MÚSICA
Marcelo Yuka, fundador do Rappa morre aos 53 anos
ROTEIRO ESPECIAL PARA O RIO DE JANEIRO
Roteiro diferente para continuar conhecendo o Rio de Janeiro
DICA DE TURISMO E FÉRIAS
Dicas para curtir uma temporada em Arraial do Cabo
LUTO - ESPORTE
Morre Jackelyne da Silva, ginasta da seleção brasileira, aos 17 anos
LUTO NA MÚSICA
Cantor sertanejo Marciano morre aos 67 anos, vítima de enfarto
CARNAVAL É NO CAMPO BELO RESORT
Carnaval é no Campo Belo Resort, reserve já seu lugar nesse bloco - Confira os pacotes
MS EM ALERTA
Meteorologia alerta para a possibilidade de chuva forte no fim de semana no MS
DECEPCIONADA
Regina Duarte surpreende e se posiciona contra atitude de Bolsonaro
SATÂNICO
Mulheres são presas acusadas de torturar criança de apenas dois anos que teve rosto desfigurado