Menu
LIMIT ACADEMIA
segunda, 15 de outubro de 2018
SADER_FULL
Busca
SICREDI_FATIMA
Brasil

Dólar recua e fecha a R$ 2,037, menor valor em seis anos

3 Abr 2007 - 16h38

O dólar fechou abaixo dos R$ 2,04 nesta terça-feira, renovando a mínima em seis anos, com a melhor percepção de risco sobre a economia brasileira.

A moeda norte-americana fechou em queda de 0,54%, vendida a R$ 2,037. É o menor valor desde 6 de março de 2001, quando o dólar encerrou a R$ 2,034, segundo dados do Banco Central. No ano, a divisa acumula queda de 4,63%.

"(O motivo) é a queda do risco Brasil... refletindo os bons fundamentos e as boas perspectivas para o Brasil", disse Miriam Tavares, diretora de câmbio da corretora AGK. Durante o dia, o risco-Brasil, medido pelo JP Morgan, atingiu 163 pontos-básicos, menor patamar histórico.

"Tem também o lançamento soberano, mais um lançamento em dólar do governo. O clima com relação ao Brasil é bastante positivo", resumiu.

O governo brasileiro anunciou nesta terça-feira a quarta captação de recursos no mercado externo em 2007. Segundo o Tesouro Nacional, será feita a reabertura da emissão do bônus da República denominado em dólar, com vencimento em 2017.

A operação, de acordo com fontes do mercado, pode trazer US$ 500 milhões para as reservas internacionais do País.

Além disso, "as operações de arbitragem também continuam grandes, estimuladas pelo diferencial de juros" e pela percepção de risco menor, explicou.

"Isso (o conjunto de motivos) realmente faz com que as tesourarias não queiram manter as posições em dólar, com a expectativa de que ele ainda vá cair", disse Miriam. Segundo um operador, os bancos aumentaram as posições vendidas nesta terça-feira, o que indica uma aposta ainda maior na valorização do real.

Ela ainda lembra que "o fluxo também tem sido bom, decorrente da balança comercial. (O superávit) É menor, mas ainda temos o fluxo positivo e a expectativa de que ele continue positivo".

Para Miriam, a expectativa de entrada de dólares nos próximos dias é grande, apesar da cautela requerida pelo cenário externo "com o feriado e a questão imobiliária dos EUA".

Perto do fim da sessão, o Banco Central realizou um leilão de compra de dólares no mercado à vista e aceitou, segundo operadores, ao menos seis propostas. A operação, porém, não teve força para reverter a queda do dólar.

 

 

Invertia

Deixe seu Comentário

Leia Também

IBOPE PARA PRESIDENTE
Ibope para presidente, votos válidos: Bolsonaro, 59%; Haddad, 41%
ASSASSINATO
Rapaz agride avós de adolescente que não quis namorar com ele; avó morreu
TRAGEDIA NA RODOVIA
Carro ocupado por sete pessoas se envolve em acidente; cinco morreram
REVOLTANTE
Menina de 11 anos é estuprada por detento ao visitar irmão em presídio
ACIDENTE FATAL
Douradense morre em acidente no RS
REALITY SHOW
A Fazenda 10: Ana Paula é eliminada e se manifesta contra Bolsonaro
FACÇÃO CRIMINOSA
Decapitada por Satã do PCC, jovem morreu por exigir respeito após roubo de chinelo
REVISTA VEJA
Pesquisa: Bolsonaro tem 54% dos votos válidos; Haddad, 46%
A FAZENDA
Fazendeiro Evandro Santo gera nova punição
COPA DO BRASIL
Corinthians promete maior prêmio de sua história por título