Menu
SADER_FULL
RIO_DOURADOS
Busca
SUCURI_MEGA
Brasil

Dólar ignora leilão do BC e volta a ficar abaixo de R$ 2,70

27 Dez 2004 - 15h49
 

O Banco Central realizou nesta tarde um leilão de compra de dólares, mas a intervenção se mostrou insuficiente para impulsionar uma alta da moeda dos EUA.

Nesta segunda-feira, a divisa chegou a operar na casa de R$ 2,70 ao ser negociada na máxima de R$ 2,709 com uma alta de 0,66%. Mas, nesta tarde, com a baixa de 3,10% do risco brasileiro, o dólar ficou abaixo de R$ 2,70 com mínima de R$ 2,689.

Por volta das 14h50, o BC anunciou o leilão e utilizou uma taxa de R$ 2,697 para a compra da divisa. No início deste mês, o governo retomou as intervenções no mercado de câmbio, que estavam suspensas desde fevereiro passado.

Mas os leilões de compra de divisas foram, até o momento, insuficientes para colocar o dólar na rota dos R$ 3, como defendem os exportadores. Os lotes adquiridos pelo BC são considerados pequenos. O dinheiro é usado para reforçar as reservas internacionais do país, que estão ainda em patamar baixo.

A queda acentuada da moeda, ignorando as intervenções, é atribuída à melhora na percepção dos investidores sobre o futuro da economia, após a divulgação de indicadores positivos como o crescimento do PIB (Produto Interno Bruto) no terceiro trimestre, acima do previsto, e o recorde das exportações. A cotação também acompanha a desvalorização do dólar diante de moedas como o euro e o iene.

A alta do juro básico da economia (taxa Selic) pelo Copom (Comitê de Política Monetária) também favorece uma queda do dólar no Brasil. Quanto mais elevado o juro, maior é a remuneração dos títulos públicos atrelados à Selic. De olho nos lucros, investidores estrangeiros vendem os dólares para adquirir os papéis lançados pelo Tesouro Nacional.

 

Folha Online

Deixe seu Comentário

Leia Também

Acerto de Contas
Mulher é assassinada e companheiro é poupado pelos bandidos
Macabro
Filho que escondeu corpo de pai pode ser indiciado por três crimes
Novela
'Deus salve o rei': Catarina (Bruna Marquezine) mata Constantino
Novela Global
'Outro lado': Gael luta contra violência doméstica no fim
Monstro
Câmera flagra irmão à procura de menina que teria sido abusada por prefeito de Bariri
Perigo do Selfie
Três garotas caem de ponte de 20 metros ao tirarem fotos em Castelo
Campanha de filiações
Prisão de Lula faz disparar filiações ao PT
O Apocalipse
Arthur (Junno Andrade) fala na TV que Ricardo (Sergio Marone) ressuscitou em seu velório
BBB 18 - Vencedora
Veja a casa de Gleici, do'BBB 18': Sister teve o pai assassinado pelo tráfico e passou fome
Concurso Público
Polícia Federal publica autorização para promover concurso público com 500 vagas