Menu
SADER_FULL
segunda, 21 de janeiro de 2019
FARMÁCIA_CENTROFARMA_FULL
Busca
ITALÍNEA
Brasil

Dólar fecha em queda com PIB acima das expectativas

31 Ago 2004 - 16h15

O mercado financeiro doméstico recebeu de forma positiva os dados sobre o Produto Interno Bruto (PIB) brasileiro, divulgados esta terça-feira. O dólar comercial fechou com queda de 0,57%, cotado na compra a R$ 2,926 e na venda a R$ 2,928 (mínima do dia). Às 16h31, o Ibovespa somava 22.813 pontos, com leve queda de 0,24%.

A economia brasileira cresceu 1,5% em relação a março e 5,7%, na comparação anual. O número ficou acima das expectativas do mercado. Analistas ouvidos previamente pela Reuters apontavam para uma expansão de 1,25% em relação ao primeiro trimestre e de 4,7% face ao mesmo período do ano passado.

No mês, a moeda estrangeira acumulou queda de 3,59% por cento - a maior desde junho do ano passado - em um mercado bastante otimista com o atual cenário econômico e político do Brasil.

O recuo do risco Brasil no mês, que voltou a rondar os 500 pontos-básicos acima dos títulos do Tesouro norte-americano pela primeira vez desde janeiro, foi também um dos principais fatores para a melhora do câmbio.

Deixe seu Comentário

Leia Também

MORTE A ESCLARECER
Exército investiga morte de sargento após teste de aptidão física
CASO DE POLÍCIA
Rapaz morre em pátio de motel
MINISTRA DO MS NO GOVERNO BOLSONARO
Ministra Tereza Cristina garante fortalecer cadeia do leite e agricultura familiar
PROBLEMAS MENTAIS
Casal é brutalmente agredido a enxadadas pelo filho
BARRADO
Filho do cantor Marciano diz ter sido impedido de ir no velório do pai
A COBRA VAI FUMAR - SEGURANÇA NO MS
MS fecha o cerco contra a violência na fronteira em mega operação
LUTO NA MÚSICA
Marcelo Yuka, fundador do Rappa morre aos 53 anos
ROTEIRO ESPECIAL PARA O RIO DE JANEIRO
Roteiro diferente para continuar conhecendo o Rio de Janeiro
DICA DE TURISMO E FÉRIAS
Dicas para curtir uma temporada em Arraial do Cabo
LUTO - ESPORTE
Morre Jackelyne da Silva, ginasta da seleção brasileira, aos 17 anos