MEGA_OKA_CARROS_
FatimaNews - Notícias de Fátima do Sul e região
Fátima do Sul, 20 de Outubro de 2017
DELPHOS_FULL
2 de Dezembro de 2004 16h13

Dólar fecha em alta e volta para patamar de R$ 2,73

O dólar encerrou em alta nesta quinta-feira, vendido a R$ 2,733, pressionado por remessas de recursos e acompanhando a valorização da moeda no cenário externo.

"O dólar ficou com mais volatilidade, principalmente influenciado pelo movimento das moedas, com o euro batendo recorde e depois caindo bastante", afirmou Marco Antônio Azevedo, gerente de câmbio do banco Brascan.

Em relação ao real, a divisa norte-americana subiu 0,81% sobre o fechamento da véspera, e encerrou no maior patamar do dia.

De acordo com Azevedo, o mercado cambial está um pouco mais volátil já que "existe o risco de uma intervenção dos bancos (centrais) lá fora".

"Ou se essa alta das outras moedas for uma bolha, quando estourar o mercado vai ser bem afetado, então acaba ficando mais tenso", disse ele.

O presidente do Banco Central Europeu, Jean-Claude Trichet, evitou comentar sobre intervenções no mercado em uma entrevista coletiva nesta quinta-feira, mas reiterou que os movimentos bruscos recentes no euro não são bem-vindos.

De acordo com Mário Battistel, diretor de câmbio da corretora Novação, o dólar também foi pressionado por remessas de recursos com a aproximação do final do ano, já que muitas empresas multinacionais precisam remeter seus lucros para o exterior.

"É tradicional no final do ano ter um pouco menos de exportação, até porque esse dólar tão baixo não atrai muito exportador, e ter um pouco mais de compra", disse o diretor.

Analistas acrescentaram que o mercado aguarda os dados de postos de trabalho dos Estados Unidos, que serão divulgados na sexta-feira, e que podem conter a queda do dólar no mercado externo se vierem mais fortes que o previsto.

 

Terra Redação

Comentários
Veja Também
FÁBRICA_CALÇADOS
REINO_MATRÍCULAS_2017
Nossa_Lojas
Últimas Notícias
  
Nossa_Lojas
Eventos
dothCom © Copyright FatimaNews - Todos os Direitos Reservados.