Menu
LIMIT ACADEMIA
segunda, 12 de novembro de 2018
SADER_FULL
Busca
SICREDI_FATIMA
Brasil

Dólar comercial fecha com leve alta cotado a R$ 3,038

30 Jul 2004 - 16h37
 

Novas denúncias contra o presidente do Banco do Brasil, Cássio Casseb, além de detalhes sobre o período em que o presidente do Banco Central, Henrique Meirelles, retornou ao país --e suas consequências fiscais-- mudaram o humor dos agentes no mercado de câmbio.

Depois de operar em baixa durante a maior parte da sessão, com o bom desempenho dos indicadores locais e a desaceleração da economia norte-americana, o dólar comercial fechou praticamente estável, em leve alta de 0,03%, a R$ 3,038.

Esta é a segunda sexta-feira seguida em que o movimento do mercado de câmbio é afetado por denúncias publicadas na revista "Isto É". Na semana passada, a revista informou que Meirelles não entregou a declaração do Imposto de Renda relativa ao ano de 2001, o que é permitido para não-residentes no Brasil. No ano seguinte, ele teria declarado à Justiça Eleitoral que estava residindo em Goiás, a fim de poder se candidatar a deputado federal nas eleições do ano seguinte.

O Banco Central divulgou nota no mesmo dia desmentindo a irregularidade fiscal do presidente da instituição.

 

Invertia

Deixe seu Comentário

Leia Também

FAMOSIDADES
Susana Vieira está com leucemia, mas a doença está controlado, diz assessoria
NOVELA GLOBAL
Marina Ruy Barbosa é a heroína de 'O sétimo guardião': 'Luz foge do tradicional'
CONSTRANGIMENTO
Claudia Leitte quebra silêncio e desabafa sobre polêmica com Silvio Santos
OPORTUNIDADE DE EMPREGO
Concursos oferecem mais de 1 mil vagas e salários de até R$ 6,6 mil no MS
NOVA EQUIPE
Bolsonaro intensifica processo de transição esta semana em Brasília
ESPORTE EM TOUROS
VÍDEO: Peão de MS morre após ser pisoteado por touro em rodeio no interior de SP
ULTIMO CAPITULO
Globo exibe último capítulo de Segundo Sol e assunto bomba
DE GLÓRIA DE DOURADOS PARA O MUNDO
Ana Karla é convidada especial da Hyundai para um talk show neste sábado em São Paulo
1ª INDIGENA NO GOVERNO
Índia da equipe de Jair Bolsonaro já atuou com Cauã Reymond e foi moradora de rua
FINAL DE NOVELA
Valentim beija Rosa em gravação que vai ao ar no fim de 'Segundo sol'; veja mais detalhes