SUCURI_MEGA
FatimaNews - Notícias de Fátima do Sul e região
Fátima do Sul, 11 de Dezembro de 2017
DELPHOS_FULL
31 de Julho de 2004 10h54

Dois jogos abrem hoje a 20ª rodada do Brasileirão

Dois jogos abrem hoje a 20ª rodada do Campeonato Brasileiro de Futebol 2004 com destaque para Fluminense e Cruzeiro que se enfrentam neste sábado, às 17h (horário de Mato Grosso do Sul), no Maracanã, no Rio Janeiro (RJ). O tricolor aposta na campanha invicta em casa no Campeonato Brasileiro, já que em oito jogos foram cinco vitórias (Vitória, Grêmio, São Caetano, Santos e Corinthians) e três empates (Coritiba, Criciúma e Guarani), além do bom retrospecto nos clássicos estaduais, em que venceu Vasco e Flamengo e empatou com o Botafogo.

O tricolor tem os mesmos 27 pontos do Cruzeiro, que leva a melhor por ter maior número de vitórias (oito contra sete) e ocupa o 11º lugar, uma posição acima do time carioca. A equipe mineira, no entanto, não vive um bom momento e caiu sob o comando de Emerson Leão, que pediu demissão depois da derrota por 1 a 0 para o Corinthians. Foram 13 jogos sob seu comando, com sete derrotas, cinco vitórias e um empate. A única dúvida de Ricardo Gomes no Fluminense é em relação a Roger, que se recupera de uma lesão no músculo posterior da coxa esquerda.

O meia participou do treino na manhã de sexta-feira, nas Laranjeiras, mas será examinado momentos antes da partida para saber se tem condições de atuar. “Minha expectativa é jogar. Farei todos os esforços para isso, mas só entrarei em campo se estiver cem por cento. Não senti nada no treino, mas foi uma atividade leve. Só amanhã (sábado) saberei se posso jogar e a decisão de me liberar ou não cabe aos médicos”, disse. Caso seja vetado, Roger será substituído por Alex. O técnico tricolor, no entanto, conta com as voltas de Romário e Edmundo ao ataque.

Depois de voltar contra o Corinthians e marcar um dos gols da vitória por 2 a 0, Romário foi poupado e não enfrentou o Figueirense na última quarta-feira. O jogador, que ficou cinco rodadas fora da equipe por causa de uma lesão na coxa esquerda, havia reclamado de cansaço muscular. Nesta sexta, voltou a sentir e preocupou a comissão técnica, mas foi examinado e liberado pelo médico Vitor Favilla.

Romário avisa que não terá problema de entrosamento com Edmundo, que vem treinando normalmente e está em condições de voltar à equipe titular desde a última semana. “Apesar de estarmos há muito tempo sem jogar, já atuamos juntos muitas vezes e acredito que não haverá problema. Claro que na parte física as coisas não estão no ponto ideal, mas temos condições de superar isso dentro de campo”, disse.

Diante de um adversário que viveu momentos conturbados nos últimos dias, o atacante pede atenção ao mesmo tempo em que acredita na conquista dos três pontos. “Temos de tomar cuidado, porque um time fica com motivação dobrada quando muda de técnico. Mas se a equipe mostrar o futebol apresentado contra o Santos, tenho certeza de que saíremos de campo com a vitória”, disse Romário, referindo-se à vitória tricolor por 1 a 0 sobre o líder do Brasileiro.

Cruzeiro

No Cruzeiro, o pedido de demissão de Leão resultou em várias modificações na equipe. Sob o comando interimo de Ney Franco, treinador dos juniores, o time entrará em campo com uma formação bem diferente daquela que perdeu para o Corinthians. Com uma entorse no joelho direito, Jussiê dá lugar a Guilherme, que formará dupla de ataque com o chileno Tapia.

Suspensos com três cartões amarelos, o meia Márcio e os zagueiros Cris e Marcelo Batatais serão substituídos por Augusto Recife, Irineu e Edu Dracena, que está recuperado das dores na região pubiana. Depois de optar por Irineu em vez de Bruno Quadros, escalando um zagueiro de origem, Franco voltou a surprender ao barrar Martinez para a entrada de Sandro. Dando fim às improvisações de Leão, ele confirmou o retorno de Alemão à lateral direita, setor que chegou a ser ocupado pelos cabeças-de-área Jardel, Bruno Quadros e Augusto Recife.

Ney Franco já chegou a comandar o time profissional do Cruzeiro em uma única partida em 2002, na segunda rodada do primeiro turno do Brasileiro. Com a saída de Marco Aurélio, ele ficou no banco no empate em 1 a 1 com o Palmeiras, no Mineirão. Em 2004, com a equipe de juniores, foi campeão da Copa Integração Diário da Tarde, do Torneio Nossa Senhora do Pilar e da Taça BH.

Clássico no Sul

Atlético-PR e Grêmio enfrentam-se às 15h (horário de Mato Grosso do Sul) deste sábado na Arena da Baixada pela 20ª rodada do Campeonato Brasileiro. A partida vai opor dois times que estão acostumados a sofrer e a aplicar goleadas na competição. Fazendo jus à fama, ambos venceram na última quarta-feira por 4 a 0.

O Furacão derrotou a Ponte Preta, enquanto o tricolor bateu o Vitória. No total, o Atlético-PR aplicou quatro e sofreu duas goleadas. O Grêmio tem três a seu favor e uma contra. A diferença está na classificação: o time paranense tem 30 pontos, em sexto lugar, e briga por uma vaga na Taça Libertadores. Enquanto isso, os gaúchos têm 21 e, em 18º, lutam contra o rebaixamento. Para o jogo deste sábado, Levir Culpi tem dois problemas para armar o Furacão.

Os desfalques são o meia Jadson e o atacante Dagoberto, que será respectivamente substituídos por Morais e Ilan. Na equipe visitante, o técnico José Luiz Plein tem mais problemas. Os apoiadores Luciano Santos e Leanderson lesionados e a dupla de ataque formada por Christian e Cláudio Pitbull está suspensa. Michel Bastos e Léo Inácio entram no meio-campo e o setor ofensivo fica a cargo de Rico e Marcelinho.


 
 
Mídia Max
Comentários
Veja Também
Nossa_Lojas
ÓTICA_DOURADOS
TASS_300
Últimas Notícias
  
LÉO_GÁS_300
Eventos
dothCom © Copyright FatimaNews - Todos os Direitos Reservados.