Menu
LIMIT ACADEMIA
quinta, 18 de julho de 2019
SADER_FULL
Busca
ÁGUAS DE BONITO
MATO GROSSO DO SUL

Dois cursos atendem 120 pescadores e aquicultores de MS

14 Set 2010 - 06h37Por

O Ministério da Pesca e Aquicultura em parceria com o Ministério da Educação, por intermédio do Instituto Federal do Paraná, estão oferecendo dois cursos para pescadores e aquicultores de todo o Brasil: Curso Técnico em Pesca e Curso Técnico em Aquicultura, com 20 vagas cada. A aula inaugural será amanhã, dia 14, às 8h, em rede nacional, com a fala do ministro Altemir Gregolin, do MPA.

Estes cursos técnicos fazem parte da política de qualificação e solidificação do setor pelo MPA; estão voltados aos pescadores e aquicultores; e, têm como principal finalidade aumentar o nível de escolaridade destas pessoas, qualificando-as tecnicamente.

A realidade do setor pesqueiro e aquícola brasileiro está mudando com a consolidação do Ministério da Pesca e Aquicultura. O governo Lula criou este órgão para alavancar a produção de pescado no país, com sustentabilidade ambiental e inclusão social. E a produção nacional de pescado saltou de 990 mil toneladas produzidas em 2003, para 1,25 milhão de toneladas produzidas em 2009.

Neste contexto está despontando a necessidade de melhorar a qualificação de pescadores e aquicultores para garantir que o crescimento da oferta de pescado continue e seja realizado com respeito ao meio ambiente. Por isso que está sendo empreendido o curso, que pretende contribuir para o fortalecimento de um modelo de desenvolvimento sustentável para o setor pesqueiro, buscando a garantia que os profissionais da área permaneçam no setor, contribuindo assim com a geração de emprego e renda.

No Mato Grosso do Sul, serão destinadas 120 vagas com três turmas de cada curso, distribuídas nos municípios de Três Lagoas, Mundo Novo e Ladário.

Poderão se inscrever pescadores e aquicultores e seus familiares que tenham concluído o ensino fundamental. O processo de matrícula dos alunos ocorre durante todo o mês de setembro e o início das aulas é em 4 de outubro.

As aulas serão realizadas nos Telecentros de cada um dos municípios escolhidos. Nestes locais estão instalados 10 computadores com internet via satélite e um projetor multimídia.

Os cursos durarão por dois anos. As aulas serão a ministradas às segundas-feiras e às terças-feiras.

Aula inaugural

Para o dia de amanhã, estão convidados para a aula inaugural nos Telecentros os parceiros do MPA como as prefeituras, associações e colônias de pescadores, Banco do Brasil, além de órgãos do governo estadual como Imasul e PMA, do governo federal como Embrapa e universidades e organizações não governamentais como a Secaf.

Em Três Lagoas o evento será no Telecentro da Colônia de Pescadores Z – 03; em Ladário no Telecentro da Associação dos Pescadores Profissionais Artesanais de Ladário – APPAL que está instalado no Centro Comunitário do CEAC Boa Esperança; e, em Mundo Novo no Telecentro da Colônia de Pescadores Profissionais Artesanais Z – 08.

Além do ministro Gregolin que falará por cerca de uma hora sobre o ministério e a importância da qualificação dos pescadores e aquicultores; outras pessoas farão uso da palavra conforme o local.

Deixe seu Comentário

Leia Também

SE DEU MAL
Ladrão tenta assaltar caminhoneiro arma de brinquedo e morre ao levar três tiros de verdade
COPA DO BRASIL
Athletico-PR elimina Flamengo nos pênaltis e garante vaga na semi da Copa do Brasil
COPA DO BRASIL
Com polêmica e expulsão, Internacional avança para a semifinal ao eliminar o Palmeiras
DESCARGA ELÉTRICA
Técnico de Rerigeração morre após sofrer choque ao manusear microondas
DOENÇA DO SÉCULO
Rapaz que se jogou da ponte do Rio Piquiri se despediu de amiga antes
COMOÇÃO
Jovem de 19 anos morre após contrair bactéria em parto
NOVELA GLOBAL
Josiane mata de novo em 'A dona do pedaço': saiba quem é a próxima vítima!
NOVELA GLOBAL
'A dona do pedaço': Maria da Paz conhece Gilda, que lhe vende mansão cara
ECLIPSE LUNAR
Eclipse parcial da Lua poderá ser visto em todo o Brasil; veja os horários
BARBÁRIE
Moça de 22 anos é agredida até a morte após se negar a fazer sexo