Menu
FARMÁCIA_CENTROFARMA_FULL
segunda, 10 de dezembro de 2018
SADER_FULL
Busca
ITALÍNEA
MATO GROSSO DO SUL

Dois cursos atendem 120 pescadores e aquicultores de MS

14 Set 2010 - 06h37Por

O Ministério da Pesca e Aquicultura em parceria com o Ministério da Educação, por intermédio do Instituto Federal do Paraná, estão oferecendo dois cursos para pescadores e aquicultores de todo o Brasil: Curso Técnico em Pesca e Curso Técnico em Aquicultura, com 20 vagas cada. A aula inaugural será amanhã, dia 14, às 8h, em rede nacional, com a fala do ministro Altemir Gregolin, do MPA.

Estes cursos técnicos fazem parte da política de qualificação e solidificação do setor pelo MPA; estão voltados aos pescadores e aquicultores; e, têm como principal finalidade aumentar o nível de escolaridade destas pessoas, qualificando-as tecnicamente.

A realidade do setor pesqueiro e aquícola brasileiro está mudando com a consolidação do Ministério da Pesca e Aquicultura. O governo Lula criou este órgão para alavancar a produção de pescado no país, com sustentabilidade ambiental e inclusão social. E a produção nacional de pescado saltou de 990 mil toneladas produzidas em 2003, para 1,25 milhão de toneladas produzidas em 2009.

Neste contexto está despontando a necessidade de melhorar a qualificação de pescadores e aquicultores para garantir que o crescimento da oferta de pescado continue e seja realizado com respeito ao meio ambiente. Por isso que está sendo empreendido o curso, que pretende contribuir para o fortalecimento de um modelo de desenvolvimento sustentável para o setor pesqueiro, buscando a garantia que os profissionais da área permaneçam no setor, contribuindo assim com a geração de emprego e renda.

No Mato Grosso do Sul, serão destinadas 120 vagas com três turmas de cada curso, distribuídas nos municípios de Três Lagoas, Mundo Novo e Ladário.

Poderão se inscrever pescadores e aquicultores e seus familiares que tenham concluído o ensino fundamental. O processo de matrícula dos alunos ocorre durante todo o mês de setembro e o início das aulas é em 4 de outubro.

As aulas serão realizadas nos Telecentros de cada um dos municípios escolhidos. Nestes locais estão instalados 10 computadores com internet via satélite e um projetor multimídia.

Os cursos durarão por dois anos. As aulas serão a ministradas às segundas-feiras e às terças-feiras.

Aula inaugural

Para o dia de amanhã, estão convidados para a aula inaugural nos Telecentros os parceiros do MPA como as prefeituras, associações e colônias de pescadores, Banco do Brasil, além de órgãos do governo estadual como Imasul e PMA, do governo federal como Embrapa e universidades e organizações não governamentais como a Secaf.

Em Três Lagoas o evento será no Telecentro da Colônia de Pescadores Z – 03; em Ladário no Telecentro da Associação dos Pescadores Profissionais Artesanais de Ladário – APPAL que está instalado no Centro Comunitário do CEAC Boa Esperança; e, em Mundo Novo no Telecentro da Colônia de Pescadores Profissionais Artesanais Z – 08.

Além do ministro Gregolin que falará por cerca de uma hora sobre o ministério e a importância da qualificação dos pescadores e aquicultores; outras pessoas farão uso da palavra conforme o local.

Deixe seu Comentário

Leia Também

COVARDIA
Mulher agride menino autista em playground e vídeo viraliza
NOVELA GLOBAL
'O sétimo guardião': Nicolau descobre que Diana luta karatê e fica em choque
ACUMULOU
Ninguém acerta a mega-sena e prêmio acumula em R$ 30 milhões
VIOLENCIA
'Tiro, porrada e bomba': festa em universidade acaba em pancadaria e PM responde com violência
NOVELA GLOBAL
Gabriel confronta Valentina em “O Sétimo Guardião”
ARROCHO
Regra defendida por Bolsonaro tira R$ 1,1 mil por mês das novas aposentadorias
BARBÁRIE
Mulher é presa após atear fogo em cachorro
NOVELA GLOBAL
'O sétimo guardião': Feliciano foi muito rico e ajudou Valentina no passado
SE DEU MAL
Assaltante é morto após fazer idosa de 83 anos refém no Rio de Janeiro
ROUBO MILIONÁRIO
Homens invadem banco, trocam tiros com polícia e fogem com R$ 1 milhão