TASS_MOTORS
FatimaNews - Notícias de Fátima do Sul e região
Fátima do Sul, 13 de Dezembro de 2017
DELPHOS_FULL
20 de Setembro de 2004 16h07

DOF apreendeu mais de 8 t de droga desde o início do ano

Policiais do Departamento de Operações de Fronteira (DOF), fizeram, de janeiro a agosto de 2004, diversas apreensões de droga no Estado. As apreensões foram realizadas em 16 municípios: Dourados, Eldorado, Bela Vista, Mundo Novo, Coronel Sapucaia, Maracaju, Bonito, Iguatemi, Ponta Porã, Tacuru, Anastácio, Amambai, Jardim, Miranda, Paranhos e Corumbá.

Desde janeiro foram detidas ou indiciadas 92 pessoas e apreendidos 25 veículos que transportavam droga. Do total de 106 apreensões de realizadas, foram apreendidos 8.120,722 quilos de maconha, 45,502 quilos de cocaína, 39,201 quilos de pasta base de cocaína, 69 bolas de haxixe, 48 pedras de crack.


Cinqüenta e seis apreensões de maconha

Dourados – 09 apreensões: 196,49 kg.
Eldorado – 03 apreensões: 4.614,555 kg.
Bela Vista – 03 apreensões: 1.663,490 kg.
Mundo Novo – 07 apreensões: 148,292 kg.
Coronel Sapucaia - 03 apreensões: 130,335 kg.
Maracaju – 02 apreensões: 64,280 kg.
Bonito - 01 apreensão: 200 gramas.
Iguatemi – 01 apreensão: 30 gramas.
Ponta Porã – 20 apreensões: 1.096,680 kg.
Tacuru – 01 apreensão: 96,146 kg.
Anastácio – 01 apreensão: 60 gramas.
Amambai – 02 apreensões: 82,627 kg.
Jardim – 01 apreensão: 98 gramas.
Miranda – 01 apreensão: 19,164 kg.
Paranhos – 01 apreensão: 8,275 kg.


Cocaína

Do total de 12 apreensões realizadas, foram interceptados 45,502 kg de cocaína.

Dourados – 01 apreensão: 10 gramas.
Eldorado – 01 apreensão: 3,490 kg.
Ponta Porã – 01 apreensão: 90 gramas.
Corumbá – 09 apreensões: 41,912 kg.


Pasta base de cocaína

Do total de sete operações, foram apreendidos 39,201 kg de pasta base de cocaína. Mundo Novo: uma apreensão (330 gramas). Corumbá: seis apreensões (38,871 kg).


Haxixe

Foram realizadas três apreensões: 69 bolas de haxixe. Mundo Novo: uma apreensão (3 bolas). Maracaju: uma apreensão (39 bolas). Ponta Porá: uma apreensão (27 bolas).


Crack

Três apreensões realizadas - 48 pedras e 5 gramas de crack.Mundo Novo: duas apreensões (uma pedra e cinco gramas de crack. Coronel Sapucaia: uma apreensão (47 pedras).


Veículos com droga

Foram abordados 25 veículos com drogas.

Dourados: 01 veículo.
Eldorado: 03 veículos.
Bela Vista: 03 veículos.
Mundo Novo: 02 veículos.
Coronel Sapucaia: 01 veículo.
Maracaju: 01 veículo.
Bonito: 01 veículo.
Iguatemi: 01 veículo.
Ponta Porã: 06 veículos.
Tacuru: 01 veículo.
Anastácio: 01 veículo.
Amambai: 02 veículos.
Jardim: 01 veículo.
Corumbá: 01 veículo.


Origem do DOF

A origem do Departamento de Operações de Fronteira (DOF), remonta ao ano de 1987, quando foi criado, dentro da estrutura da Secretaria de Segurança Pública, a 28 de maio daquele ano, através da Resolução 119/87, pelo então Secretário de Estado e Segurança Pública, Francisco Leal de Queiroz, o Grupo de Operações de Fronteira (GOF), com a responsabilidade pelo policiamento ostensivo itinerante, preventivo e repressivo, em toda a área de fronteira seca com o Paraguai, abrangendo cerca de 620 km.

A missão principal do GOF, desde desde a criação, foi o patrulhamento ostensivo em áreas rurais dos municípios fronteiriços com o Paraguai, objetivando combater o narcotráfico, o contrabando e ou descaminho, o furto/roubo de veículos e cargas, o abigeato (furto de animais) e os crimes peculiares à região, como os assaltos às propriedades e proprietários rurais, falsa comunicação de crime (golpe do seguro) etc.

Desde aquela época corporação ficou diretamente subordinada, administrativa e operacionalmente, ao Secretário de Segurança Pública, e foi composta por policiais militares e policiais civis, fato inédito em todo o País.

Seu primeiro chefe foi o coronel PM RR Adib Massad, que anteriormente já havia sido designado Delegado de Polícia em várias localidades do Estado de Mato Grosso, como Cáceres, Cuiabá e Rondonópolis e também em Mato Grosso do Sul, nas cidades de Três Lagoas, Paranaíba e Campo Grande, circunstância que lhe possibilitou transitar com desenvoltura entre as duas instituições policiais: a Polícia Militar e a Polícia Civil.

Quando de sua criação, o GOF estava sediado em Campo Grande, porém, devido a distância de sua área de atuação, no ano de 1989 a sede do grupo foi transferida para a cidade de Dourados, e atualmente ocupa, desde 1994, em regime de comodato, instalações da Sociedade de Amigos da Liberdade, Vigilância e Esperança (Salve), entidade proprietária do prédio, que tem por finalidade essencial suprir as necessidades do Grupo.

Através do Decreto Estadual 8.431, de 15 de janeiro de 1996, o GOF passou a ser denominado de Departamento de Operações de Fronteira (DOF), em virtude da reorganização administrativa e operacional da Secretaria de Segurança Pública e ampliação de seu efetivo.

Com a credibilidade alcançada pelo Departamento, que veio a tornar-se o órgão policial mais respeitado do Estado, sua área de atuação foi ampliada, passando a atender também a fronteira internacional com a Bolívia, o que foi feito através da Resolução SSP 228, de 21 de maio de 1999, do então Secretário de Estado de Justiça e Segurança Pública, Franklin Rodrigues Masruha, daí alcançando-se o total de 1.517 km de fronteira internacional, sob responsabilidade do DOF.

Atualmente, o DOF é um exemplo claro de funcionalidade, sendo o pioneiro na integração das polícias estaduais, servindo de referência para outros estados e tem sido um dos órgãos que mais drogas apreende, que mais veículos recupera, que mais mandados de prisão cumpre e que recupera o maior número de animais furtados.
 
 
 
APn
Comentários
Veja Também
MBO_SEGURANÇA_300
FORTALEZA
SADER_LATERAL
Últimas Notícias
  
LOJA_02
Eventos
dothCom © Copyright FatimaNews - Todos os Direitos Reservados.