Menu
LIMIT ACADEMIA
quarta, 14 de novembro de 2018
FARMÁCIA_CENTROFARMA_FULL
Busca
ITALÍNEA
Brasil

Dívida do Estado com a União cai 2,54% no 1º quadrimestre

26 Jun 2007 - 09h41
 

A Dívida Consolidada do Estado com o governo Federal caiu 2,54% no 1º quadrimestre de 2007 em comparação com o mesmo período do ano passado. De acordo com o secretário de Fazenda, Mario Sérgio Lorenzetto, a dívida, que era de R$ 6. 061 bilhões em 2006 chegou a R$ 6.050 bi em abril deste ano.

No 1º quadrimestre de 2007, o pagamento de juros, encargos e amortização da dívida fundada totalizaram R$ 195,4 milhões, R$ 60,29 mi a mais que no mesmo período de 2006. O aumento no valor repassado à União é decorrência do crescimento da Receita Líquida Real (RLR). O valor mensal a ser pago pelo Estado corresponde a 15% do valor arrecadado na RLR.

“Esta é a primeira vez que eu vejo a Dívida Consolidada referente ao 1º quadrimestre reduzida em relação ao ano anterior. O valor da redução é baixo, mas serve como ponto de partida para a implementação de medidas futuras para amortização. Este é um fato que deve ser celebrado”, lembrou o presidente da Comissão de Execução Orçamentária da Assembléia, deputado Antonio Carlos Arroyo (PR).

 

 

RMT Online

Deixe seu Comentário

Leia Também

VIOLENCIA DOMESTICA
Homem é esfaqueado por esposa que tem ciumes até da sombra
ENTROU ATIRANDO
VÍDEO: Pastor é baleado no altar durante o culto
TRAGEDIA
Ex-prefeito é morto pelo pai após ser confundido com assaltante
ACIDENTE DE TRANSITO
Caminhão passa por cima de veículos e explode em grave acidente
NOVELA GLOBAL
'O sétimo guardião': Marilda (Letícia Spiller) é flagrada nua e finge ser uma assombração
BNDS
“Se não abrir a caixa preta do BNDES, está fora!”, diz Bolsonaro sobre Levy
FAMOSIDADES
Susana Vieira está com leucemia, mas a doença está controlado, diz assessoria
NOVELA GLOBAL
Marina Ruy Barbosa é a heroína de 'O sétimo guardião': 'Luz foge do tradicional'
CONSTRANGIMENTO
Claudia Leitte quebra silêncio e desabafa sobre polêmica com Silvio Santos
OPORTUNIDADE DE EMPREGO
Concursos oferecem mais de 1 mil vagas e salários de até R$ 6,6 mil no MS